Colégio Web

Travessão

1O usado do travessão, na maioria das vezes, está atrelado ao início de uma fala em um discurso direto. Também é utilizado para substituição de vírgulas ou mesmo dos parênteses quando temos orações que se intercalam. Também é bastante apropriado quando se quer destacar alguma parte importante da frase.

Publicidade

Discurso direto: neste caso, o uso do travessão vai indicar quando começa a fala dos personagens, quando ocorrem mudança dos interlocutores ou quando se muda o narrador. Seja por meio de verbo, elocução, ou mesmo com expressões verbais que anunciam discursos: perguntar, comentar, dizer, responder e etc. Confira os exemplos:

– Que horas são, por gentileza? – perguntou a dona do supermercado.
– São doze horas. – respondeu a moça do salão.
– Obrigada!

Orações intercaladas: o uso do travessão pode ser uma substituição da vírgula ou mesmo dos parênteses, quando se separa a oração principal.

Exemplos:
Há quem o amedronte – mas não o incentiva – por isso não serei injusta na interpretação dos fatos.
Eles dizem – embora pouca gente tenha credibilidade – que são pessoas de confiança.

Funções do travessão

2Destaque na frase: neste caso, o travessão vai realçar informações sobre alguns elementos da frase, especialmente quando estes aparecem no fim da mesma. É um sinal que também serve para que se destaque o aposto.

Ele está fazendo o impossível para realizar o sonho da filha – levá-la a uma faculdade.
Aquelas duas funcionárias – a Cátia e a Tati – ficaram auxiliando toda a equipe de apoio.

O sinal do travessão não deve ser confundido com o hífen. O travessão funciona como sinal de pontuação, além de ser prolongado que o hífen, que é um sinal para complemento gráfico.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados