Colégio Web

Balanço dos 12 anos de PT no Brasil

Publicidade

Com o término das eleições presidenciais deste ano, finalmente sabemos qual foi o resultado e quem irá governar o país pelos próximos 4 anos: a atual presidente Dilma Rousseff, que conseguiu se reeleger, confirmando o favoritismo que se viu desde a criação do sistema de reeleição na segunda metade da década de 1990.

Desde a criação da reeleição, o fato é que todos os candidatos à reeleição conseguiram ter sucesso e se confirmaram por mais 4 anos no poder, e com o sucesso de Dilma no pleito deste ano, derrotando Aécio Neves, o PT consegue se consolidar como a força dominante no cenário nacional, ao menos por mais 4 anos, deixando o PSDB para trás mais uma vez.

No entanto, o que se viu foi uma parcela considerável da população descontente com o governo petista e com os 12 anos em que o partido se mantém no poder, refletindo nos mais de 50 milhões de brasileiros que votaram em Aécio Neves e no número absurdamente alto de pessoas que anularam o voto, votaram em branco ou que simplesmente não votaram.

Pois é com base nisto, sabendo que o PT parte para mais 4 anos de poder no Brasil, o que deverá totalizar 16 anos de governo do partido no país, que vamos realizar um breve balanço dos 12 anos em que o partido está no governo federal.

Os dois mandatos do presidente Lula

PT

Quando, em 2002, o então presidente FHC tentou emplacar mais 4 anos de governo tucano no Brasil, com a campanha do paulista José Serra, o fato é que uma grande parcela de brasileiros simplesmente não conseguia encontra eco no discurso pragmático do PSDB.

E por este motivo, com uma economia estável mas que ainda não conseguia dividir suas riquezas para todos os brasileiros, o Brasil se mostrou pronto para aceitar o eterno candidato à presidência pelo PT, Lula, como presidente da república.

Pois Lula chegou ao poder com um discurso que atacava a suposta ausência de políticas sociais tucanas para distribuir a renda aos mais pobres do país, e deste modo, conseguiu vencer, finalmente.

Lula assumiu como uma espécie de baluarte da política brasileira, assumindo quase uma mística imagem de legitimo “salvador da pátria” brasileiro, e sua vitória foi vista com bons olhos por muitos analistas, já que significava uma clara mostra (ao menos na época), de que o país estava ficando maduro democraticamente falando.

Lula Dilma PT

No entanto, com o escândalo do Mensalão, muito da imagem de incorruptível que o PT mantinha se esvaiu, manchando a imagem de partido diferente que fez com que muita gente votasse em Lula em 2002.

Mesmo assim, ele conseguiu se reeleger em 2006, e ainda conseguiu emplacar Dilma Rousseff em 2010, mostrando que as políticas sociais, como o Bolsa-Família, podem ser cabos eleitorais fortíssimos para se manter no poder.

Dilma também teve problemas com corrupção, especialmente agora, no final de seu mandato, com o surgimento do escândalo da Petrobrás, mas assim como Lula, também conseguiu se reeleger, só que de modo mais apertado.

E isto aponta para um futuro cada vez mais incerto para o PT e, principalmente para o Brasil, já que economicamente, o país apresenta alta preocupante da inflação, bem como também muita desconfiança por parte de setores importantes da economia nacional e internacional. Sem deixar de mencionar mais da metade da população que simplesmente não quis votar em Dilma.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados