Colégio Web

As águas oceânicas

Publicidade

2. As águas ocênicas: 

Características Físicas 

A temperatura média das águas superficiais do Atlântico é de 25,7°C. Os índices de salinidade das águas superficiais oscilam entre 36% e 37%, sendo mais elevada em regiões de temperaturas mais altas e com poucos rios. 

As marés 

A maré é um fenômeno que ocorre em consequência da gravitação. Ocorrre periódicamente, alternando-se a maré-alta (preamar) e a maré-baixa (baixa-mar), a cada 6h12, portanto, as marés ocorrem duas vezes ao dia. 

A diferença entre o nível da maré baixa e da maré alta é denominada de amplitude, esta apresenta uma variação no decorrer do litoral brasileiro. 

Localidades

Amplitudes das marés

Itaqui (Maranhão)

8,16 metros

São Luís (Maranhão)

7,80 metros

Recife (Pernambuco)

3,10 metros

Cabo Frio (Rio de Janeiro)

2,04 metros

Santos (São Paulo)

2,66 metros

Paranaguá (Paraná)

3,79 metros

Florianópolis (Santa Catarina)

3,79 metros

Canal do Norte (Rio Grande do Sul)

1,40 metros

As correntes marítimas 

As correntes marinhas são massas de água que se deslocam pelos oceanos em função da inércia do movimento de rotação. 

As correntes marinhas podem ser quentes ou frias. As correntes frias são provenientes de regiões polares, e por onde elas passam o ar é mais seco e nas águas há poucas espécies de peixes, porém, estes são grandes e favorecem a pesca. As correntes quentes são provenientes da zona tropical, por onde elas passam o ar marinho é mais úmido. A pesca é prejudicada pois os peixes são pequenos. 

O litoral brasileiro é banhado pela Corrente das Guianas que abrange o litoral sententrional em direção ao mar das Antilhas, e pela Corrente Brasileira que segue a costa oriental e meridional. As duas correntes são constituídas pela bifurcação da Corrente Sul-Equatorial Atlântica que é proveniente do Golfo da Guiné. 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados