Colégio Web

Forças intermoleculares

Publicidade

9. Forças intermoleculares 

As forças de atração existentes entre as moléculas são: 

a) atração gravitacional, as massas das moléculas individuais são minúsculas, por isso, descossideraremos essa atração.
b) forças de Van Waals
b1) força entre dipolos permanentes (F.D.P)
b2) força entre dipolos induzidos (força de London)
c) ponte de hidrogênio.

Forças entre dipolos permanentes (F.D.P)

Essa força está presente entre moleculas polares (μ ≠ 0), contêm dipolo permanente, a força varia de acordo com o seu tamanho e quanto maior ele for, maior a força será.
Por exemplo: acetonitrilo (etanonitrilo), neste caso a extremidade positiva de uma molécula atrai a negativa de uma outra molécula.

Forças entre dipolos induzidos ‘(Força de London)

Essa força está relacionada a força de atração existente entre as extremidades positivas e negativas dos dipolos.
Essa força pode acontecer, por exemplo, no hélio liquido, no CO2 e no metano. 

Os átomos de hélio estão simétricos, em um espaço de tempo mais longo, portanto podemos concluir que os elétrons estão localizados simetricamente em torno do núcleo. Observe a figura. 

Subitamente, ocorre uma colisão que resulta em um distanciamento entre os elétrons e o núcleo, desfazendo a simetria, o que resulta em uma pequena atração do átomo. 

É possível que a força de London também surja por indução. Caso se uma molécula de iodo polarizada ficar perto de uma que não possui dipolo, ocorrerá a indução resultando em um dipolo nesta molécula.

Ponto de hidrogênio 

A ponte de hidrogênio é uma força intermolecular extremamente alta, que ocorre pela interação dipolo-dipolo, essa ponte serve como um tipo de “elo” entre os átomos que se interaram.
Para a formação da ponte de hidrogênio é preciso que ocorra com elementos muito eletronegativos (F,O,N), e além disso esses elementos devem possuir pares eletrônicos não- compartilhados e também um átomo de hidrogênio que esteja ligado ao átomo.

Desta forma, essa ponte aparece em alguns compostos, observe abaixo: 

A ponte é constituida por um átomo de hidrogênio de uma molécula que interage com um par de elétrons de outra molécula.

É possível visualizar as pontes de hidrogênio, mesmo no estado de vapor do fluoreto de hidrogênio, pelo fato de serem bem fortes.

Observe que existe ligação de hidrogênio intramolecular, como por exemplo, no caso do orto-nitrofenol.

O modo sui generis, é utilizado na ponte dos ácidos carboxílicos

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados