Colégio Web

Ruínas mais antigas do Mundo

Publicidade

Você sabe quais são as ruínas mais antigas do Mundo? Que tal descobrir quais são para visitá-las em breve? Confira todos os detalhes e surpreenda-se!

Pirâmides do Antigo Egito

Os egípcios antigos usavam as pirâmides para guardar os corpos mumificados dos faraós, e proteger as riquezas deles contra saqueadores de tumbas. Elas foram construídas a mais de 2500 anos a.C.

Quanto maior a pirâmide, mais rico e glorioso era o faraó. Eram construídas com mão de obra escrava e levavam cerca de 20 anos para serem erguidas.

A cultura egípcia acreditava na vida após a morte, por isso mumificavam os corpos de seus governantes, para que a alma fosse recebida de volta. Esse era um processo caro, por isso só era feito para os soberanos.

Os engenheiros das pirâmides colocavam nelas entradas falsas e armadilhas, tudo para proteger o seu conteúdo. Eles tinham que guarda os segredos das obras consigo mesmos.

Stonehenge

Ruínas mais antigas Mundo

Essa é uma construção cercada de mistérios, ela se localiza na planície de Salisbury, Inglaterra. É basicamente um círculo de pedras.

Começou a ser construída a partir de 3100 a.C., datando do período da pré-história.

Acredita-se que ela tinha propósitos religiosos, mas que também servia para observação de fenômenos astronômicos, principalmente no solstício de verão e de inverno, porque as pedras parecem estar arrumadas de acordo com a posição do sol nessas épocas.

Por ser uma construção muito antiga, há poucos ou quase nenhum registro do momento em foi erguida, por isso há tantos mistérios e superstições sobre esse local.

É um dos pontos turísticos mais visitados na Europa e é considerado patrimônio mundial da Unesco.

Muralha de Adriano

Essa muralha foi construída para proteção do Império Romano, que só crescia. Durante o século II, este império estava em constante crescimento, e o imperador Adriano percebeu que eles não poderiam crescer para todos os lados.

Então, ele ordenou que fosse erguida uma muralha estorno das terras que já eram deles, para evitar a invasão dos povos que viviam nas Ilhas Britânicas.

Essa construção tanto teve o objetivo de proteger a região já conquistada pelos romanos, como consolidar os ganhos territoriais deles nesse território.

A Muralha de Adriano foi erguida de madeira e pedra ao norte da Inglaterra. Tinha 4,5 metros de altura e 2,5 de largura, e tinha 118 km de extensão, sendo a construção mais vasta feita pelo Império Romano.

É considerada um patrimônio cultural da humanidade pela Unesco.

Ruínas mais antigas do Mundo

Ilha de Páscoa

Essa ilha, localizada a mais de 3000 km da costa do Chile, é mais comumente conhecida pelas enormes estátuas que lá estão. Elas são chamadas de moais, e sua altura varia de 2 a 21m.

Foi descoberta em 1722, pelo navegador holandês Jacob Roggeveen, que deu esse nome à ilha pois desembarcou nela no domingo de Páscoa.

Nessas terras já habitaram um povo chamado rapanuis, que foram os autores das estátuas. Eles formaram uma sociedade hierarquizada em clãs, e foram tecnologicamente avançados em certo momento.

Pesquisas mostram que esse povo pereceu por conta do aumento de sua população, o que levou ao uso excessivo da terra e à escassez de comida. Eles acabaram brigando em si. Apesar da terra fértil, o clima da ilha não favoreceu esse povo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados