Colégio Web

Importância das greves na História

Publicidade

Muita gente costuma reclamar quando algum movimento organiza uma greve em algum setor importante da nossa sociedade, já que normalmente, quando este tipo de movimento ocorre, transtornos são causados para outras pessoas.

Mas o que muitas destas pessoas simplesmente ignoram é que a maior parte das greves mais importantes da História da humanidade acabou por trazer algum tipo de mudança e de benefício para o restante da população.

Portanto, nas próximas linhas nós vamos mostrar exemplos que retratam de modo perfeito qual é a real importância das greves dentro da História humana e quais os benefícios trazidos por esta forma de luta dos trabalhadores com mais de 3 séculos de existência.

Derrubada de governos opressores

Importância greves na História

Uma das greves mais importantes da História foi organizada por trabalhadores de Gdansk, na Polônia, liderados por Lech Walesa, em 1980, que conseguiram derrubar o governo ditatorial que vigorava naquele país na época.

A greve polonesa foi tão importante como instrumento para derrubar um governo opressor que acabou por contribuir para a queda de outros governos comunistas no Leste Europeu, numa espécie de “efeito dominó”.

Revolução Industrial e o 1º de maio

A Revolução Industrial acabou por ser o período em que se consolidou a importância das greves como instrumentos de luta operária por melhorias trabalhistas em todos os sentidos.

Foi durante o período que, nos Estados Unidos, mais precisamente em Chicago, num dia 1º de maio de 1886, uma greve organizada por trabalhadores que pediam a redução da jornada de trabalho de 13 horas para 8 horas acabou sendo duramente reprimida pela polícia local.

O resultado foi a morte de muitos trabalhadores que entraram em confronto contra a polícia, dando ao dia 1º de maio o caráter de símbolo da luta dos trabalhadores, sendo reconhecido posteriormente como o Dia do Trabalho, como é lembrado até os dias de hoje.

Importância das greves na História

Melhorias nas condições de trabalho

Sempre que as condições de trabalho da chamada classe operária se mostravam impróprias, os trabalhadores logo lançavam mão das greves como forma de conseguir pressionar os donos das fábricas a mudar as regras do “jogo”.

No entanto, como os donos de fábricas tinham mais poder do que os trabalhadores, eles acabaram por pressionar os governos a fazer com que as greves fossem consideradas ilegais.

No entanto, com o passar dos anos, as reivindicações feitas por eles acabaram por se tornar aceitas, e jornadas de trabalho insalubres foram, aos poucos, ficando no passado, com a criação de legislação trabalhista nos países do mundo todo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados