Colégio Web

Detalhes da morte de John Kennedy

Publicidade

Quase 52 anos após a trágica morte de John F. Kennedy, até então presidente dos Estados Unidos, é fato que as circunstâncias da morte ainda despertam o interesse e a curiosidade de muita gente.

Afinal, a que se deveu aquele tiro na cabeça? Quais os motivos? A mando de quem? Quais as circunstâncias?

O que se sabe é que o vídeo com as imagens da primeira-dama, Jacqueline, totalmente transtornada, segundos depois do marido ser baleado, jamais será esquecido.

A morte ocorreu no início da tarde de 22 de novembro de 1963, em Dallas, Texas. Kennedy circulava no automóvel presidencial, na Praça Dealey, quando foi mortalmente alvejado.

John Kennedy

As investigações apontaram para Lee Harvey Oswald, um empregado de um armazém que existia na praça, como o autor do disparo. Duas frentes eram investigadas, uma delas apontava que o autor atuou sozinho e a outra seguiu a linha de que ele tinha um cúmplice.

Fato é que, dois dias após o crime, o próprio Oswald acabou assassinado, ampliando ainda mais o mistério e as teorias conspiratórias em torno do assassinado do presidente.

Nas linhas abaixo, falaremos um pouco a respeito de cada uma das teorias que foram levantadas a respeito do assunto. Veja se alguma delas faz sentido para você!

Teorias conspiratórias a respeito da morte de John Kennedy

1# – Assassinato a mando dos soviéticos – Uma das teorias aponta que os mandantes do crime foram os soviéticos, se vingando pela crise dos mísseis de Cuba, em 1962.

Oswald seria comunista e, inclusive, já havia passado alguns anos em terras soviéticas.

Além disso, ele teria sido escolhido porque trabalhou no Corpo de Fuzileiros dos Estados Unidos e havia relatado informações relevantes a respeito da época, quando trabalhou como operador de radar.

2# – Foi a CIA – Outra corrente aponta para a CIA.

Essa teoria nunca teve uma argumentação muito forte. Havia boatos de que ele tinha ameaçado confrontar a CIA e que Oswald era um funcionário da CIA disfarçado, mas a verdade é que a maioria dos boatos se devia ao fato da corporação, naquela época, ter a fama de assassinar políticos de alto escalão.

3# – A máfia foi a mandante – O motivo da máfia seria que o irmão do presidente, na época procurador-geral dos EUA, estava a frente de uma operação que estava acabando com o crime organizado.

Detalhes da morte de John Kennedy

O assassino de Oswald, inclusive, seria um homem relacionado aos mafiosos e que estaria queimando arquivo com a morte dele.

4# – Os cubanos – Nesse caso, a justificativa é que esse seria o contragolpe de Fidel Castro contra as sucessivas investidas dos agentes americanos contra a sua vida.

5# – Lyndon Johnson – O homem que sucedeu Kennedy na presidência teria uma obsessão pelo poder e uma incrível capacidade em conseguir ocultar escândalos.

Para conseguir colocar seu plano em prática, ele teria apoio de nada mais nada menos que a CIA e o FBI.

6# – Os Illuminati – Talvez a mais sem base das teorias.

A sociedade secreta teria um conflito com o presidente por ele querer acabar com a Guerra do Vietnã. A guerra estaria rendendo um bom dinheiro aos banqueiros, e por esse motivo, os illuminati não queriam o fim.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados