Colégio Web

Brasil Colonial: Entenda seus termos e cronologia

Publicidade

Olá, caro leitor! O tema em questão tem uma importância muito grande, tanto por ser um assunto essencial para o conhecimento de um cidadão digno quanto por ser um tema recorrente em diversos vestibulares, senao necessário. Portanto, caso seja um leitor “vestibulando”, este titulo carrega um grau de importância ainda maior no seu entendimento. Vamos aos tópicos que lhe ajudarão a compreender melhor os termos do Brasil Colonial e, com isso, sua cronologia.

Brasil Colonial: Quando se iniciou?

Brasil Colonial

O “Brasil Colonial”, diferentemente do que muitos de vocês pensam,  se diferencia do período de descobrimento; isto é, o período que se refere ao descobrimento e aos trinta anos seguintes (1500-1530) da chegada dos portugueses ao Brasil se chama “Periodo Pre-Colonial”. Esta denominação se da devido ao fato de que o Brasil, que ainda não levava esse nome, começou a sofrer uma real colonização europeia a partir somente de 1531. Durante estes trinta anos o Brasil foi de certa forma abandonado pelos europeus e usado somente para a retirada de pau-brasil.

Principais motivos para a colonização europeia

Muito provavelmente você, caro leitor, deve estar se perguntando: Por que em 1531?

Não vamos nos aprofundar para que você não se perca, ate mesmo porque foram diversos fatores que contribuíram e culminaram para que a colonização europeia somente viesse a ocorrer em 1531, mas o que podemos eleger como um dos principais fatores que atrasaram e ajudaram nossa real colonização, foram:

  • Colonização desnecessária: A colonização neste período não se fazia necessária, pois Portugal só se beneficiava do Pau-Brasil.
  • A Índia: Portugal não tinha razões para ter custos colonizando nosso território, sendo que a Índia dava muito mais lucro a eles.
  • Metais preciosos: Um dos fatores principais que afirma a colonização tardia mesmo após o descobrimento do Brasil pelos europeus é também o descobrimento tardio de metais preciosos no nosso território. Durante todo o período pré-colonial os portugueses ainda não haviam feito uma “analise aprofundada do solo”, portanto, pode-se concluir que ainda não haviam descoberto o quão valiosa poderiam ser nossas terras.
  • Falta de mercado consumidor: diferentemente do que muitos de vocês pensam, mercado consumidor não significa: basta ter pessoas para comprar. Mercado consumidor é algo muito mais complexo, porém, de forma resumida, podemos declarar que mercado consumidor é o mesmo que concentração populacional em regiões especificas limitadas (ao contrario do que tínhamos no Brasil: pouca concentração populacional e em regiões distantes umas das outras)
  • Uti Possidetis: A França queria ocupar nosso território pelo fato de ter ficado fora do Tratado de Tordesilhas, então começou a ameaçar Espanha e Portugal. Caso ambos os países não fizessem uma posse útil das terras (Uti Possidetis: quem utiliza as terras e quem as possui) ela, a França, iria invadir o Brasil sem dó nem piedade.
  • Perda da exclusividade de comercialização com as Índias, pois Holanda, Inglaterra, Espanha e Franca também começaram, o que o instigou Portugal a procurar novos caminhos (ciclo da cana de açúcar/ nordeste brasileiro).

Estes foram alguns tópicos importantes para que você, caro leitor, compreenda a cronologia principalmente e também alguns termos que são utilizados quando nos referimos a este assunto tão relevante e de conhecimento básico imprescindível para todos nos. Qualquer duvida, critica ou sugestão, comente!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados