Colégio Web

3 maiores revoltas da História do Brasil

Publicidade

O Brasil sempre é apresentado como sendo uma nação pacifica e sem grandes guerras em sua História, mas o fato é que há um grande número de revoltas que marcam a História do país, com grande impacto na cultura e na sociedade.

Portanto, vamos conhecê-las um pouco mais, para que você entenda exatamente quais foram seus impactos, tanto regionais quanto nacionais para a formação do povo brasileiro.

Inconfidência Mineira

Considerada uma das mais famosas das revoltas da História do Brasil, a Inconfidência Mineira ocorreu quando membros de uma elite mineira se reuniram para estabelecer uma república independente em Minas Gerais.

Organizada e com data de início marcada para o dia em que seriam cobrados os impostos em atraso pela coroa portuguesa (também conhecida como “data da derrama”), a revolta acabou tendo seus planos frustrados por causa de uma traição.

Incofidencia Mineira

Com isso, seus lideres foram exilados para outras colônias portuguesas na África, ao passo que Tiradentes, acabou sendo enforcado e esquartejado para que servisse de exemplo para o restante da população.

Confederação do Equador

Com a clara intenção de se separar do restante do Brasil em virtude de um descontentamento com relação ao poder centralizador imperial, a Confederação do Equador teve início em 2 de julho de 1824, com a declaração de independência por parte de Pernambuco, que foi seguida por levantes similares no Ceará, na Paraíba e no Rio Grande do Norte.

Em setembro do mesmo ano, o governo imperial brasileiro já havia reprimido todos os rebeldes, e seus lideres acabaram sendo condenados ao fuzilamento, à forca ou à prisão perpétua, dependendo do julgamento sumário feito pelas autoridades imperiais.

Guerra dos Farrapos

Farrapos

Talvez a mais famosa de todas as revoltas brasileiras, com grande repercussão na literatura do país, a Guerra dos Farrapos, também conhecida como Revolução Farroupilha, foi também uma das mais extensas de todas, já que durou de 1835 a 1845.

Ocorrida no Rio Grande do Sul, que desejava se separar do restante do Império do Brasil, a revolta tinha caráter republicano, já que a intenção de seus líderes era a de instalar um governo republicano nessa província.

Por causa das pesadas taxas aplicadas pelo governo imperial ao charque e ao couro, que eram dois produtos dos mais importantes para a economia da região, o grupo conhecido pelo nome de chimangos deu início ao levante proclamando a independência do Rio Grande do Sul do restante do país, mas, no entanto, após 10 anos de intensos conflitos, o governo imperial acabou vencendo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados