Colégio Web

Guerra contra Oribe e Rosas

1O conflito entre Oribe e Rosas ocorreu em 1851. Foi uma guerra que envolveu nações da bacia do rio Paraná. Tudo começou quando o líder e presidente da Argentina, Juan Manuel de Rosas, decidiu se unir ao ministro da guerra do Uruguai, Manuel Oribe, com o objetivo de construir um único país.

Publicidade

Tal decisão seria prejudicial aos interesses da França, Império brasileiro e Inglaterra. Assim, o plano de Rosas e Oribe foi duramente combatido e o presidente do Uruguai, Fructuoso Rivera, também era contrário à ideia. Bem como os unitaristas da Argentina.

Ao longo da guerra, o governo do Brasil usou suas áreas estratégicas no rio Paraná e combateu militares argentinos. Depois de algumas abordagens, uma fortalecida tropa do Brasil comandada por Luís Alves de Lima e Silva, junto com a do argentino Justo José de Urquiza, e a uruguaia de Fructuoso Rivera invandiu o território das Províncias Unidas do Rio da Prata, em 1852, na área de Buenos Aires.

Nesse combate, Rosas foi aniquilado, preso e enviado para Londres em navios ingleses.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados