Colégio Web

Qual a importância do Mercosul?

1Que o cenário econômico mundial gira em torno das decisões dos Estados Unidos todos sabemos. Mas, ainda assim, as movimentações dos demais países são essenciais para que a engrenagem funcione bem. Hoje falaremos sobre uma dessas movimentações: o Mercado Comum do Sul (Mercosul). Países da América Sul, incluindo o Brasil, construíram esse bloco econômico para ampliar as trocas comerciais entre si. O período foi em 1991, em um chamado Tratado de Assunção. No bloco, há países membros efetivos e associados. O México, mesmo estando localizando na América do Norte, acabou tornando-se um membro observador.

Publicidade

Na ala efetiva: Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Venezuela. São nações que estão incluídas em todos os acordos e possuem mais peso nas transações comerciais.

Já os países associados compreendem Bolívia, Equador, Colômbia, Chile e Peru. Não estão em todos os acordos comerciais, mas votam nas decisões importantes.

Principais traços do Mercosul

A primeira característica que define o objetivo geral do Mercosul é a existência da Tarifa Externa Comum. É ela que age nos espaços relacionados à União Aduaneira. É um tipo de tributo que vai ser adotado apenas para quem é membro permanente do grupo. Por si só, essa tarifa já mostra a importância desses países estarem unidos. Conhecida como TEC, ela representa preços padronizados nas trocas comerciais. Assim, as diferentes nações vão equilibrar e manter os mesmos preços para um determinado produto que será vendido para países que não fazem parte do bloco. Nesse caso, mata-se a concorrência “desleal” e permanecem as trocas facilitadas.

Quando os Estados Unidos, por exemplo, quer importar milho do Brasil, ele saberá que nosso milho terá o mesmo preço do Paraguai e demais países que compõem o bloco. Ninguém sai perdendo.

Esse tipo de acordo é o que mantém viva a importância do Mercosul, pois antes de 1991 as regras de preços e exportação eram diferentes e soltas. Essas definições geraram mais lucros e formas de negociação para os países envolvidos.

A importância da economia para o povo

Em tempos de tantas crises econômicas, pensar na importância de um bloco como o Mercosul acaba sendo estratégico. Ainda que os países da América do Sul e o próprio México tenham as suas fragilidades, não ter um bloco seria ainda mais fatal. A existência do bloco também faz com que tais países possam, dentro das suas limitações, dialogar com outros blocos mais potentes. É como se estivéssemos em um grande mar. Todos podem tentar recolher peixes, mas é claro que há formas mais robustas de traze-los à rede. Entretanto, em meio à tempestade, um pequeno barco pode ser útil às grandes embarcações. E vice-versa.

E você, o que pensa sobre o Mercosul? Deixe suas sugestões e comentários a respeito da cena econômica na América do Sul.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados