Colégio Web

O Petróleo pode acabar em 50 anos?

2O ouro preto, também conhecido como petróleo, tem sido colocado como uma das mais importantes fontes de energia para o mundo contemporâneo. Usado no formato de combustível automotivo, como gasolina ou diesel, ou mesmo quando queima em consonância com o funcionamento das usinas termoelétricas. Também manipulado como matéria-prima na produção de plástico, tinta, borracha sintética e outros produtos, trata-se de uma composição oleosa e com alto grau inflamável. O que é isso? Ele pode deixar de existir com o passar dos tempos. Em termos químicos, temos um hidrocarboneto, substância formada por hidrogênio e carbono.

Publicidade

O petróleo está localizado em áreas com bacias sedimentares, nas regiões mais profundas da superfície do espaço oceânico. A extração é realizada a partir de plataformas que perfuram o solo e encontram mares de “ouro” negro. Muito profundas, sofrem variações e podem ser localizadas em regiões mais altas. É o caso da extração do petróleo no Brasil.

As indústrias reduziram, em certa medida, o consumo de petróleo em seus processos. Hoje, estima-se que seu uso neste setor corresponde a quase 35% da produção energética no mundo. Mesmo com a redução, o petróleo ainda é líder quando comparado a outras fontes energéticas.

Oriente Médio possui maiores reservas

1.jpgComo é de considerada importância para o funcionamento da sociedade, o petróleo acabou se tornando um elemento de estratégia econômica em alguns países. Para quem o possui, as chances de boa economia são maiores. Quem não produz petróleo sabe o quão caro é comprá-lo de outras nações. Hoje, as maiores reservas de petróleo estão na região do Oriente Médio, próximo ao continente asiático, norte da África e Europa. É desse domínio de quase 60% da produção petrolífera mundial que surgem alguns conflitos da geopolítica atual, com participação dos Estados Unidos da América (EUA) e seu poderio armamentista. Por que os EUA se interessam em entrar nessa briga?

Em que pese ser uma das potências mundiais em termos de economia, eles são dependentes do petróleo para dar forma a todo esse poderia. Mesmo sendo os maiores produtores, ainda não se contentam com o que reservam. As produções internas não dão conta das demandas dos consumidores. Assim, o governo estadunidense acaba intervindo em outros países para melhores acordos e preços mais em conta na compra de petróleo.

E o Brasil, como está?

Qual é efetivamente a posição do Brasil quando o assunto é o ramo petrolífero? Nosso país está entre as elevadas produções, mas ainda não está bem classificado para exportação, já que em âmbito interno também demanda muito desse tipo de energia. A descoberta de uma região chamada Pré-Sal, na região litorânea, pode garantir maiores lucros com o líquido precioso.

Especialistas e pesquisas apontam que o petróleo mundial, por tratar-se de uma fonte finita, pode acabar em até 50 anos, caso sejam mantidos alguns padrões, inclusive equivocados de consumo. É nesse sentido que os países precisam também pensar em fontes alternativas de energia, inclusive com menores impactos ambientais.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados