Colégio Web

Lei de Pouillet

Publicidade

Lei de Pouillet

Considere-se o circuito simples constituído por um gerador e um resistor, conforme as características mostradas na figura.

Como a diferença de potencial entre os terminais do gerador UAB = E – ri é a mesma do resistor UAB = R . i, comparamos as duas expressões e obtemos:

E – ri = Ri E = R . i + ri E = (R + r) . i 
  
Aplicação

Um gerador está ligado como indica a figura. Com a chave Ch aberta, a corrente que o atravessa é de 10A; com a chave fechada, a corrente passa a ser de 16A. Determine a resistência interna r e a fem E do gerador. 

  

Solução:
 

Com a chave aberta:

Com a chave fechada: 

Igualando (eq. 1) e (eq. 2):

10(3 + r) = 16(1,5 + r) r = 1 .

Substituindo-se em (eq. 1), vem:

E = 10(3 + 1) E = 40V

ASSOCIAÇÃO DE GERADORES
Os geradores podem ser associados para melhor aproveitamento das suas características de resistência interna e de força eletromotriz.

1. Associação em série
Nessa associação, o pólo positivo de um gerador liga-se diretamente ao pólo negativo do outro. Sua representação no circuito é: 
   

Objetivo: aumentar a potência fornecida por meio do aumento da fem do sistema.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados