Colégio Web

Política interna de D. João

1Durante a gestão de D. João foram adotadas medidas que mudaram as estruturas econômicas e administrativas no Brasil. A ideia era efetivar mudanças para que o governo português funcionasse bem no país, inclusive com órgãos e instituições que apenas existiam em Portugal. Com a reformulação, mais burocracia e novos funcionários para atuar nas gestões públicas. O comércio também estava dinâmico.

Publicidade

O que a Corte Portuguesa alterou no Brasil?

Fundou o Banco do Brasil e a Casa da Moeda;
Instituiu a Imprensa Régia e criou o Gazeta do Rio de Janeiro, primeiro jornal do país;
Fundou a Faculdade de Medicina e Cirurgia;
Criou a Escola de Belas-Artes;
Deu origem à Academia Real Militar e da Marinha;
Organizou a força militar
Montou o Jardim Botânico
Trouxe suíços para colonizar a cidade de Nova Friburgo
Melhoria dos portos e fundação de novas estradas
Criação do Museu Nacional, Biblioteca Pública, Real Teatro São João.

Os portugueses reais viviam bem no Brasil. Com a alta carga de imposto, a cobrança de títulos e os primeiros sinais de corrupção. No Rio de Janeiro, muitas mudanças para atender os caprichos da família real. Do outro lado, a população carente convivia com o lixo a céu aberto e várias doenças.

A política interna de D.João

O período dessa política foi chamado de período joanino. Ele foi caracterizado pelo esforço da Coroa Portuguesa no sentido de instituir certo equilíbrio entre os comerciantes e os interesses dos grandes proprietários de terras brasileiros.

Durante esse período foram cobrados impostos pesados e gradativos, para que fosse realizado à manutenção do luxo da Corte. A aristocracia rural recebeu alguns privilégios fiscais.

D. João construiu no Rio de Janeiro um teatro que recebeu o nome de São João, que foi inaugurado no ano de 1818, ele construiu esse teatro, pois ele estava preocupado com a diversão e com a cultura da Corte Portuguesa no Brasil.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados