Colégio Web

Artrópodos: Insetos


Fonte: FAVALLI, L. et al. A escola é nossa: ciências. 4º ano/ 3ª série, ensino fundamental. 2 ed. São Paulo: Scipione, 2007.

Publicidade

1. Insetos

A classe Insecta apresenta a maior biodiversidade do planeta Terra.

Características gerais

Os insetos são triblásticos, celomados e protostômios. As principais características dos insetos são:

– possuem 1 par de antenas (díceros);
– possuem 3 pares de patas (hexápodes);
– o corpo é dividido em: cabeça; tórax e abdômen;
– possuem patas e apêndices articulados;
– suas asas e patas são originadas no tórax.

Os insetos possuem 4 tipos de asas:

a) Membranosas: finas e transparentes. Ocorre nas moscas.
b) Pergamináceas: finas, opacas, flexíveis e coloridas. Está presente em baratas.
c) Élitros: espessas e opacas. Os besouros apresentam este tipo de asa.
d) Hemiélitros: são élitros na base e membranosa na ponta. Está presente nos barbeiros.

Sistema digestório

O sistema digestório dos insetos é do tipo completo, formado pela boca, faringe, esôfago, papo, moela, estômago, intestino, ânus, e glândulas salivares como órgãos anexos.
Está dividido em três partes: estomodeu, de origem ectodérmica; mesodeu, de origem mesodérmica; proctodeu, de origem ectodérmica.
O estomodeu e o proctodeu são revestidos por uma estrutura quitinosa.

A classificação do aparelho bucal ocorre de acordo com o tipo de alimentação do inseto:

Gafanhoto: mastigador ou moedor Abelhas: lambedor
Borboleta: sugador
Pulgas: picador-sugador
Mosca doméstica: picador-não sugador

Respiração

A respiração dos insetos é traqueal. As traquéias ligam as células do corpo com o meio externo, realizando as trocas gasosas.

Sistema circulatório

O sistema circulatório dos insetos é do tipo aberto ou lacunar. O coração é dorsal ao abdômen e tem forma tubular. O sangue dos insetos é incolor e denominado hemolinfa, e não transporta gases respiratórios, apenas os alimentos.

Sistema excretor

Os tubos de Malpighi são encrregados de realizar a excreção.

Sistema nervoso

O sistema nervoso dos insetos é do tipo ganglionar. Apresenta um longo cordão nervoso ventral constituído de gânglios ventrais que estão ligados ao cérebro por um anel nervoso.

Sistema Sensorial

Os principais órgãos de sentido dos insetos são: os olhos e as antenas.
Os olhos podem ser simples (ocelos) ou compostos (facetados), podendo distinguir cores até ultravioleta.
As antenas são responsáveis pela sensibilidade olfativa.
Além disso, os pêlos e órgãos cordotonais das patas são responsáveis pela sensibilidade auditiva; a sensibilidade táctil é encontrada nas cerdas apêndices, e a sensibilidade gustativa é percebida pelos palpos bucais.

Reprodução

São animais de sexos separados que se reproduzem sexuadamente, e que apresentam diformismo sexual. A fecundação é interna e o desenvolvimento pode ser direto ou indireto, ocorrendo metamorfose. Em alguns insetos pode ocorrer a partenogênese, neotenia ou poliembrionia.

Sistemática

A classe Insecta é formada por aproximadamente 750.000 insetos.

Subclasse 1
Apterigota

Insetos que não possuem asas e não apresentam metamorfose.

Ordem 1
Thysanura

Exemplo: traça dos livros

Subclasse 2
Pterigotas

Insetos que possuem asas e apresentam metamorfose. São divididos em dois grupos:

1º grupo
Hemimetábolos

A metamorfose é parcial: ovo → ninfa → imago (adulto)

Ordem 2
Ortoptera

Exemplos: Gafanhoto, barata, bicho-pau, grilo, louva-a-deus.

Ordem 3
Ephemeroptera

Exemplo: siriruíra

Ordem 4
Dermaptera

Exemplo: lacrainha

Ordem 5
Odonata

Exemplo: libélula

Ordem 6
Isoptera

Exemplo: Cupim, térmitas

Ordem 7
Anoplura

Exemplo: Piolho

Ordem 8
Hemíptera

Exemplo: Barbeiro, percevejo-do-mato, barata-d’ água.

Ordem 9
Homoptera

Exemplo: cigarras, afídeos, jequiritinóia

2º Grupo Holometábolos

São insetos com a metamorfose completa: ovo → larva → pupa → imago (adulto).

Para as borboletas e mariposas, as fases da metamorfose são denominadas: ovo → lagarta → crisálida → adulto.

Ordem 10
Lepidoptera

Exemplo: borboleta, mariposa, bicho-da-seda, traça-de-roupa.

Ordem 11
Diptera

Apresentam duas subordens: Nematocera e Brachicera.

Subordem 1
Nematocera

São os mosquitos com antenas longas.

Exemplo: Cullex sp; Aedes aegypti; Anopheles sp; Phlebotomus intermedius; Simulidium.

Subordem 2
Brachicera

São moscas de antenas curtas.

Exemplo: Musca domestica; Glossina palpalis; Drosophila melanogaster;
Dermatobia hominis.

Ordem 12
Siphonaptera

Exemplo: pulga (Pulex irritans) e bicho do pé (Tunga penetrans), pulga do rato (Xenopsylla cheops).

Ordem 13 Coleoptera
Exemplo: besouro, joaninha.

Ordem 14 Hymenoptera

Exemplo: abelhas, vespas e formigas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados