Colégio Web

Wladyslaw Gom[ó/u]lka

Publicidade

 ,

(1905 – 1982)
Político polonês nascido em Bialobrzegi, próximo a Krosno, chefe do governo polonês na era Khrutchev. Entrou para a juventude socialista (1917), período em que viu o final da Primeira Guerra Mundial, e com a dissolução dos impérios da Rússia, Alemanha e Áustria, a independência da Polônia. 

Depois entrou para o Partido Comunista, esteve preso (1926-1932) e, em liberdade, estudou na Escola Lenin, em Moscou (1934-1935). Novamente preso (1936) foi libertado durante a invasão alemã (1939) e participou da defesa de Varsóvia. Durante a Segunda Guerra Mundial, chefiou a resistência comunista, e tornou-se secretário-geral do Partido Trabalhista Polonês (1943). No final da guerra (1945), com grande apoio popular, assumiu o governo dos territórios reocupados e foi eleito membro do Politburo e secretário-geral do Comitê Central do Partido Comunista. 

O país foi gradativamente englobado na esfera soviética e após criticar essa política imperialista soviética (1948) e, sob a acusação de nacionalismo, perdeu as funções políticas a mando de Stalin. Permaneceu preso (1951-1954) e reabilitado dois anos mais tarde. Pela pressão popular, foi reconduzido ao poder (1956), iniciou uma abertura política e ajudou a modernizar a economia polonesa. Promoveu reformas econômicas e políticas, mas perdeu popularidade por não ter concluído o processo de desestalinização do país. Protestos populares (1968) e o anúncio de aumento dos preços dos gêneros alimentícios (1970), terminou com sua demissão pelo partido. Retirou-se da vida pública, mas, oficialmente, continuou a integrar o Conselho de Estado e a câmara baixa, o Sejm, e morreu em Varsóvia. Foi substituído (1970) por Edward Gierek que ajudou a modernizar a economia polonesa durante seus dez anos de governo, apesar de enfrentar constantes problemas na área política, como a corrupção. O país foi aos poucos se libertando do regime socialista até que o Partido Comunista foi dissolvido (1990). Neste mesmo ano, Lech Walesa assumiu a presidência da Polônia, enfrentando sérias dificuldades durante todo o seu governo e também foi substituído (1995) por Aleksander Kwasniewski. 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados