Colégio Web

Ricardo Ferreira Fiuza

Publicidade

Advogado, pecuarista e político brasileiro nascido em Fortaleza, Estado do Ceará, que durante o governo do presidente Fernando Collor de Mello, licenciou-se do mandato de Deputado Federal para ser Ministro da Ação Social (1992) e da Casa Civil da Presidência da República (1992). 

Filho de Fernando Fiuza Pequeno e Maria de Lourdes Ferreira Fiuza, formou-se em Direito pela UFPE, Recife (1963). O advogado cearense, fez carreira política em Pernambuco e começou a vida pública (1971) como Deputado Federal, reelegendo-se para mais cinco mandatos consecutivos. Passou 24 anos na Câmara Federal, em seis mandatos, porém por uma legislação (1995-1998) não pleiteou a reeleição, preferiu dar uma pausa na sua ação política, depois de ter seus direitos políticos sob risco de cassação após o escândalo dos anões do Orçamento (1993), dedicando-se integralmente à advocacia. 

Em sua trajetória política, ele figurou nos quadros de Arena (1970-1979), PDS (1980-1985), PFL (1986-2001), PPB (2001-2003) e PP (2003-2005), ao qual se filiou (2003), sempre pelo Estado de Pernambuco, com os seguintes mandatos efetivos de Deputado Federal: pela Arena (1971-1974 / 1975-1978 / 1979-1982); pelo PDS (1983-1986); pelo PFL, (1987-1990 / 1991-1994), pelo PFL/PPB (1999-2003), e pelo PP (2003-2005). 

Na Assembléia Nacional Constituinte participou como suplente da Subcomissão dos Municípios e Regiões, da Comissão da Organização do Estado (1987), como Relator da Subcomissão de Defesa do Estado, da Sociedade e de sua Segurança, da Organização Eleitoral, partidária e Garantia das Instituições (1987-1988) e como Titular da Comissão de Redação Final (1988). 

Foi membro do Conselho da República, Brasília, DF (1991). Estava no oitavo mandato como deputado federal e encontrava-se licenciado do cargo há mais de seis meses para se tratar de um câncer no pâncreas, quando morreu em Recife, aos 66 anos. 

Segundo a assessoria do deputado, seu corpo foi velado na Assembléia Legislativa de Pernambuco e enterrado no cemitério Morada da Paz, na cidade de Paulista, na região metropolitana de Recife. Recebeu várias condecorações e acompanhou comitivas presidenciais e diversas delegações oficiais brasileiras ao exterior como parlamentar.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados