Colégio Web

Eduardo Lalo Guerrero Jr.

Publicidade

Compositor estadunidense nascido em Barrio Viejo, em Tucson, Arizona, autor de canções de sucesso em espanhol como Nunca Jamás e Canción Mexicana, batizado pelo ex-presidente Bill Clinton como o pai da músicachicana, canções em inglês e em espanhol narrando histórias mexicanas e norte-americanas. Sem instrução formal de música, aprendeu a tocar violão com a mãe e durante viagens ao México, que inspiraram muitas de suas canções.

Escreveu mais de 700 canções e vendeu milhões de discos em inglês e espanhol em vários estilos, incluindo músicas de protesto, cha-cha-cha e rock. Um de seus maiores sucesso em espanhol, Canción Mexicana, tem sido qualificada como o hino nacional não-oficial do México. Também fez uma série de álbuns para crianças como os temas de Las Ardillitas, trio de roedores famosos no México e entre a comunidade hispânica, como também compôs baladas em homenagem a Robert Kennedy e César Chávez, líder sindical dos camponeses norte-americanos.

Ainda escreveu paródias, como Tacos for Two com o ritmo de Cocktails for Two, além de uma sátira sobre discriminação: Mama, Don´t Let Your Babies Grow Up to Be Busboys. Tinha 88 anos quando morreu em um centro médico em Rancho Mirage, próximo a Los Angeles. Deixou pronto seu último trabalho, a gravação de três de suas canções para um álbum de Ry Cooder, lançado postumamente. Com a sua viúva Lidia, deixou dois filhos, Mark e Dan, um enteado, José Guerrero, uma enteada, Patricia Lowy.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados