Colégio Web

David Edward Hughes

Publicidade

Inventor inglês nascido em Londres e naturalizado americano, criador, entre outros instrumentos, do microfone de carbono (1878), essencial para o desenvolvimento do telefone, do telégrafo impresso e da balança de indução e de outras importantes contribuições para o desenvolvimento da telefonia. Cresceu nos U.S.A pois sua família emigrou para os Estados Unidos quando ele tinha apenas sete anos. Estudou música ciências do som no St. Joseph’s College, Bardstown, Kentucky, onde também se tornou professor de música (1850). Cinco anos depois ele tirou sua primeira patente norte-americana para um instrumento de telégrafo de tipo-impressão, ou a impressão telegráfica, dando início a sua carreira de sucesso como inventor.

Retornou para Londres (1857), onde ganhou muito dinheiro com seu instrumento de telegrafia, que fez sucesso por mais de 80 anos. Sua mais espetacular invenção foi o microfone de carvão. A palavra microphone havia sido inventada (1827) pelo físico e inventor inglês Sir Charles Wheatstone (1802-1875). Um ponto fraco do telefone de Bell era o dispositivo emissor que originava um sinal elétrico muito fraco. O inglês substituiu este dispositivo por outro a que chamou microfone, constituído por 3 peças de carvão. Uma delas tinha a forma de uma barra pontiaguda nas extremidades, pelas quais assentava nas outras duas peças, também em forma de barra.

O microfone era inserido em um circuito elétrico constituído também por uma pilha e por um aparelho receptor a colocar junto do ouvido. Verificou a propriedade de uma limalha de ferro, contida em um tubo de vidro, em se tornar condutora na presença de uma descarga elétrica, conseguindo observar o fenômeno até a distancia de 500 metros (1879). Na incerteza do significado, não publicou a descoberta que depois se revelaria importante na história do rádio. Aposentado, morreu em Londres.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados