Colégio Web

Quem foi Clark Terry?

Publicidade

O mundo do jazz está triste e solitário desde a morte do trompetista Clark Terry no último sábado (21) aos 94 anos de idade. Terry, considerado a lenda do jazz, vivia em um asilo e seu falecimento se deu devido a complicações com o diabetes.

O músico foi internado no dia 11 de fevereiro, durante um período em que sua família havia disponibilizado um espaço privilegiado aos fãs do cantor para que eles pudessem compartilhar suas histórias que tivessem alguma ligação com as obras de Clark.

Com 70 anos de carreira e mais de 80 álbuns lançados, Terry tem seu nome consolidado em diversos discos, sendo estes todos gravados quando atuou a frente de bandas como Clark Terry’s, Big Bad Bang e a Clark Terry’s Young Titans of Jazz. Além de músico, ele atuava como compositor, contribuindo para diversos artistas.

Quem foi Clark Terry

Trajetória de sucesso

Clark Terry nasceu no ano de 1920, na cidade de Saint Louis, Missouri. Era oficial da marinha e passou a se dedicar à música nas décadas de 40 e 50. Após esse período, se reuniu à The Tonight Show Band, tocando com Doc Severisen. Esse período durou por aproximadamente 12 anos.

No ano de 1960, Terry conquistou um grande feito: foi o primeiro artista negro a tocar na emissora de TV norte-americana NBC. Conhecido como o artista que mais produziu na história do jazz, Clark Terry carrega em seu currículo musical mais de 900 gravações com o seu nome, além das parcerias de peso com Aretha Franklin, Ray Charles, Billy Strayhor, Oscar Peterson, Dizzy Gillespie, Dinah Washington, dentre outros.

No ano de 2010 Terry ganhou um Grammy Honorário. O prêmio, considerado como o Oscar da música, se deu graças a sua parceria com outros ícones da música americana, como Billie Holiday, Ella Fitzgerald e Quincy Jones.

Quem foi Clark Terry Morte

No ano seguinte, ele mesmo foi o responsável pela publicação de sua autobiografia, trazendo bastidores interessantes de sua história, intitulada Clark.

Apesar da genialidade musical, Terry possuía grande vocação e paixão pelo ensino musical. Movido por esse amor, juntamente com os jovens do Harlen de Nova York, uma banda de jazz e atuava como mentor musical em diversas universidades.

O último adeus

De acordo com a própria esposa de Terry, Gwen Terry, em nota oficial no site do artista, a passagem do músico e deu de forma tranquila e ele estava rodeado de familiares, amigos e alunos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados