Colégio Web

Vícios de Linguagem

gramaticaFalar bem ou escrever não é uma tarefa muito fácil para alguns, muitas pessoas por mais que estudem, ainda têm grande dificuldade em língua portuguesa, seja de como se escreve uma palavra até não saber fazer concordância em um texto. Por isso, separamos alguns erros que devem ser evitados e que sem percebermos acabamos usando na hora de falar ou escrever um texto.

Publicidade
  1. Que você “seje” feliz

Esse, é uma forma de falar e de escrever totalmente equivocada, veja:

O verbo neste caso é ser e estar, e deve ser conjugado como seja ou esteja (sempre no feminino), então, o correto é:

Que você seja feliz.

  1. Esse menino é “de menor” e não pode ser preso.

O “de” neste caso não existe, uma pessoa não é “de menor”, mas é menor de idade.

Então, o correto é:

Esse menino é menor e não pode ser preso.

  1. A gente “saímos” cedo.

O verbo aqui está conjugado da maneira errada. Quando falamos “a gente”, nos referimos à 3ª pessoa do singular.

A frase neste caso poderia ser escrita de duas formas, ou concordando com a palavra “a gente” ou concordamos com “saímos”, veja as duas opções:

  • A gente saiu mais cedo.

  • Nós saímos mais cedo.

  1. Ele “houve” muito mal.

A concordância e a conjugação do verbo neste caso estão erradas, pois “houve” é do verbo “haver” (de tempo), veja o correto:

  • Ele ouve (escutar, ouvir) muito mal.
  • Houve muito sol essa semana.
  1. A “perca” da mãe, o deixou muito triste.

Esse é um erro muito comum principalmente na hora de se expressar, mas como sabemos está incorreta. Veja:

Use “perca” somente como forma verbal, por exemplo: “Receio que perca a cabeça”

Por isso, o uso correto seria:

Sofreu grande perda com a enchente”

6. Eu fiquei “meia” perdida no terminal.

Esse tipo de frase também é muito comum de ser ouvida, mas está errada. Veja:

MEIO = um pouco, mais ou menos (advérbio = invariável)

MEIA = metade (numeral = variável)

Ou seja, uma pessoa não fica “metade perdia”, e sim “um pouco ou mais ou menos”. Então, o correto seria:

Eu fiquei meio perdida no terminal.

Sendo assim, é muito importante estudar e ficar atento ao que se escreve e ao que se fala, existe na língua portuguesa, os chamados vícios de linguagem, que são compostas por palavras que muitas vezes sabemos que está correto, mas por vício, acabamos falando errado. Por isso, é fundamental estudar e ficar atento a tudo isso, pois no dia a dia podemos nos corrigir, mas em uma prova de vestibular, por exemplo, pode ser fatal.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados