Colégio Web

Como arrasar na segunda fase da Fuvest?

Publicidade

Se a primeira fase foi um desafio e tanto no final do ano anterior, eis que a segunda etapa da Fuvest, que está cada vez mais próxima, traz ainda maiores dificuldades aos vestibulandos de 2015. Com 29.698 candidatos convocados para a segunda fase do vestibular, que será realizada no atual mês de Janeiro, a prova firmará uma disputa acirrada pelas 11.057 vagas disponíveis na USP e as 120 vagas na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Com primeira chamada publicada no dia 31 de Janeiro, a apreensão com a chegada da prova se torna ainda maior entre os candidatos.

Como é a segunda fase da Fuvest

Fuvest Segunda Fase

A segunda fase do vestibular conta com três provas analítico-expositivas, que tem quatro horas de duração cada. Nos dias de prova, os portões das escolas relacionadas para aplicação da segunda fase serão abertos às 12h30 e fechados em meia hora, às 13h em ponto. O candidato só poderá deixar o local de prova a partir das 15h.

Algumas provas contam com habilidades especificas, sendo que estas serão realizadas a partir do dia 7 de Janeiro, dependendo da carreira escolhida pelo candidato em questão.

Como mandar bem na segunda fase da Fuvest

Segunda Fase FUvest

Algumas das melhores dicas para a realização da prova se referem à criatividade e inovação na hora de escrever redações. Considerando que os corretores terão pelo menos 30 mil textos sobre o mesmo tema, o destaque é essencial: Busque imprimir marcas de autoria no texto, explorando referencias histórias e contextualizando sua redação, com grande influencia de argumentos. O treino com redações de edições passadas pode ser uma boa, pois pode fornecer a você um maior entendimento sobre o que os corretores estarão esperando dos candidatos nesta fase da prova.

A calma e a organização são fundamentais para se sair bem. Procure ler as perguntas, temas e situações com atenção, identificando bem as linguagens a serem usadas, as pautas levantadas e as questões que estão sendo feitas. Procure a clareza e a objetividade em tudo que escrever, pois só assim conseguirá mostrar-se capaz de alcançar a aprovação.

Por fim, busque rascunhar suas ideias antes de coloca-las definitivamente na prova. Analise suas respostas e textos criticamente, sem medo de estar sendo precipitado ou prepotente. Uma boa prova é fruto de um leitura ideal e escrita fundamental, que quando combinadas, podem ser a solução perfeita para obter os resultados estimados.

Concentre-se e arrase!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados