Colégio Web

Como atingir 900 pontos no ENEM?

Como atingir 900 pontos no ENEM? Seria impossível? Surreal demais? Digo que não! Há pessoas que conseguem. Confira mais detalhes aqui!

Publicidade

Após o ano de 2009, quando o Ministério da Educação modificou a estrutura e, sobretudo, a forma de avaliação do Exame Nacional do Ensino Médio, é fato que ficou mais complexo saber como se pode atingir determinada pontuação.  Entretanto, os resultados obtidos, nessa nova fase do Enem, em geral, correspondem muito melhor à qualidade dos textos e demais respostas produzidos pelos alunos.

De qualquer modo, ficou bem mais complicado tirar uma nota muito alta. Apenas a título de curiosidade, no ano passado – 2012 – de todos os  4 milhões e 100 mil inscritos na prova, apenas 1,1% chegou a atingir – ou superar – o patamar dos 900 pontos, de nota final – sempre destacando que o máximo são 1000 pontos.

Mesmo assim, com um número tão pequeno de pessoas nesse nível, fica a pergunta: como conseguiram chegar lá? Para tentar responder a parte desse questionamento, iremos apresentar, a seguir, algumas das declarações dos próprios candidatos sobre como foi a preparação para o Exame. A partir disso, quem sabe, você não se torna o próximo a chegar lá?

4 dicas para atingir os 900 pontos no ENEM

Como atingir 900 pontos no ENEM

Ênfase em leitura

Em geral, segundo educadores, o ato de leitura é um irmão gêmeo da escrita, ou seja, o primeiro auxilia o segundo a se aperfeiçoar. Por isso, grande parte desses candidatos que obtiveram tamanho sucesso no Enem, apontaram que o bom resultado adveio do fato de serem leitores – quase – compulsivos, de livros diversos. Além disso, embora nunca seja tarde demais para tentar começar com esse hábito, os ex-candidatos ao Enem declaram também que o “vício” em leitura começou ainda na infância e os vem acompanhando desde então. As sugestões para renovar o hábito de leitura, é a seguinte: mesmo que a pessoa não consiga ler um texto mais longo, pode iniciar por crônicas ou contos, os quais são mais rápidos e podem envolver de forma mais fácil. Revistas e jornais são outros meios para se informar e exercitar a capacidade de leitura;

Fique em contato com todas as atualidades

No caso da redação, o que é avaliado, de fato, é a argumentação do candidato, uma vez que o gênero do texto é a dissertação. Isso é que irá diferenciar uma pontuação de outra, deixando os alunos em diferentes posições, quando o resultado é divulgado. Por isso, ter acesso a meios de comunicação e informação é fundamental, assim o candidato desenvolve uma visão geral sobre tudo o que é notícia na atualidade, enriquecendo seu texto e seus argumentos;

Treino, treino e mais treino

Muitos exercícios fazem parte da rotina de quem quer pontuar alto no Enem. Então, mesmo que a periodicidade seja variável, é muito importante que, de tempos em tempos, o candidato recorra a cada uma das áreas do conhecimento para se testar e perceber sua evolução, pontos fortes e fracos. Como um plus, escrever bastante dinamiza o ato de redigir, o que auxiliará na rapidez com a qual o texto é desenvolvido, resultando em uma redação pronta mais rápido;

Escrita e rascunho

Para a redação, no ato da prova, o indicado é escrever antes o seu texto em um rascunho, onde ficará mais livre para rasurar, rabiscar e escrever, deixando suas ideias fluírem mais livremente. Só depois de acabar o texto no rascunho, deve-se passá-lo para a folha definitiva.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados