Colégio Web

Trovadorismo Provençal

Publicidade

O Trovadorismo Provençal 

O trovadorismo foi uma manifestação literária da língua portuguesa. No mesmo período que Portugal começou a apontar-se como nação independente, surgiu o trovadorismo. Isso ocorreu por volta do século XII, onde suas origens foram dadas na Provença, espalhando-se por toda a Europa.

Para podermos explicar a origem do Trovadorismo, devemos considerar quatro teses fundamentais. Vejamos:

A tese arábica: essa tese defende a cultura arábica, como sendo sua velha raiz;
A tese folclórica: essa tese foi criada pelo seu próprio povo;
A tese médio-latinista: essa tese diz que essa poesia foi criada na Idade Média, tendo sua origem na literatura latina.
A tese litúrgica: essa tese considera-se fruto da poesia litúrgico-cristã, produzida na mesma época.

Existiam os trovadores, que eram aquelas pessoas que escreviam as poesias e as melodias que as acompanhavam, lembrando que as cantigas são todas as poesias cantadas.

É importante sabermos que o nome trovador, é dado aos autores nobres, pois os autores que possuem uma origem vilã, recebiam o nome de jogral.

Mesmo sendo lógico que eram os jograis que tocavam e cantavam as poesias, podemos dizer que grandes partes dos trovadores também interpretavam suas próprias composições.

As quatro cantigas reunidas nos cancioneiros, podem ser divididas em dois gêneros.

Vejamos:

Gênero lírico:

– cantigas de amor;
– cantigas de amigo.

Gênero satírico: 

– cantigas de escárnio;
– cantigas de maldizer.

Vejamos cada uma delas:

Cantiga de amor: essas cantigas originaram-se na Provença, região sul da França, estão relacionadas com um tratamento amoroso, onde o trovador canta seu amor a uma dama, apresentando um eu – lírico – masculino.

Cantiga de amigo: nessa cantiga ao invés do homem se expressar, quem se expressa é o homem, mesmo o trovador compondo a cantiga, o seu ponto de vista é feminino. Ele faz isso para poder mostrar o outro lado do relacionamento amoroso, ou seja, ele quer mostrar como a mulher sofre quando está à espera do namorado (que recebe o nome de amigo), logo ele quer mostrar a dor do amor não correspondido, as saudades, etc. apresentando um eu – lírico – feminino.

Cantiga de escárnio: essa cantiga apresenta uma crítica direta e irônica.

Cantiga de maldizer: essa cantiga, como o próprio nome já diz, apresenta uma crítica também direta e mais grosseira.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados