Colégio Web

Rodovias

Publicidade

As rodovias representam uma modalidade de transporte para estrada, rua ou rodovia. As áreas podem ou não ser pavimentadas. Nesse tipo de transporte de rua há grande tráfego para mercadoria, matéria-prima, pessoas ou animais e outros objetos. Os veículos usados são automotores, na maioria das vezes caminhões, ônibus e carros.
Em termos históricos, se tem informação de que a primeira rodovia teria surgido no final do século XIX. Era um tipo de estrada que visava melhorar o sistema de transporte da carruagem. Entretanto, para que tal transporte fosse bem desenvolvido, somente no século XX se observou mudanças com o avanço da indústria de automóveis. Era um triunfo capitalismo para superar as falhas do transporte ferroviário. Esse última, teria ficado mais relegado ao transporte de carga ou pessoas.

Mesmo com tanta importância, mesmo com o custo elevado, o transporte rodoviário ganhou destaque frente ao hidroviário e ferroviário. A elevação do custo, por exemplo, deriva do preço do petróleo. Além das elevadas taxas com manutenção dos veículos para pneus, revisão, motor e outras peças do transporte rodoviário.
Construir e manter uma via transitada por veículo gera alto custo. No Brasil, os diferentes relevos também contribuem para que o custo ficasse elevado. As obras de rodovias também requerem aspectos de engenharia para construção de túneis, pontes, aterros, viadutos e outras estruturas físicas.

União Europeia

O meio de transporte rodoviário passa a ser mais usado para distâncias mais curtas. Por ser mais ágil, a rapidez é uma forma de chamar a atenção. No caso da rodovia, há condições de se conquistar mais rotas que permitem até mesmo o compartilhamento para até mesmo outro transporte, como o ferroviário.  Vários países em todo o mundo fazem uso desse transporte. Na União Europeia, por exemplo, há bastante propagação. Até mesmo para transportar cargas com peso de toneladas. Assim, a indústria de veículos também acaba sendo beneficiada e, automaticamente, repercute nas malhas rodoviárias. Como os europeus já possuem uma tradição de transporte ferroviário, também se observa trechos em que um caminhão é transportado sobre um vagão de trem.

Rodovias em colapso1

Entre 1860 e 1920, as rodovias brasileiras passaram por uma fase de colapso, em razão do desenvolvimento das ferrovias. A partir de 1920, com a chegada dos automotores, o país passou a viver a “era da rodovia”, presente até os dias de hoje.

As estradas antigas começaram a ser restituídas, e foram construídas outras novas em todas as regiões do país. Em 1937, foi criado o Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER), e a partir daí a pavimentação e a produção de asfalto e cimento passou por um processo de aperfeiçoamento, por parte das indústrias brasileiras.

Atualmente, as rodovias brasileiras apresentam uma extensão de 1.824.392Km. A frota nacional de veículos acompanha esse crescimento da extensão das rodovias.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados