Colégio Web

Provas do transporte da seiva elaborada pelo floema

Publicidade

Provas do transporte da seiva elaborada pelo floema

a) Afídeos ou pulgões
Os pulgões são também chamados de piolhos de planta, pequenos insetos que extraem seiva da planta através de um estilete que constitui o seu aparelho bucal.

Esse estilete é introduzido nas ramificações da planta, atingindo o floema, para extrair a seiva orgânica.

Através de pesquisas feitas com os pulgões foi possível concluir que, a seiva orgânica passa pelo floema através de uma pressão positiva, diferentemente da seiva bruta, que circula pelos vasos por pressão negativa.

Além disso, em determinadas épocas, depois de acumular bastante seiva, os pulgões liberam pelo ânus um líquido açucarado, que é conhecido como “chuva de mel”.

b) Anel de malpighi ou c intamento

Para realizar este experimento foi retirada uma parte do tronco de uma árvore, de modo que esta parte ficasse semelhante ao formato de um anel. A parte retraída continha os vasos floemáticos, remanescendo somente os vasos de xilema.

As conseqüências deste processo são verificadas na suspensão do transporte da seiva orgânica, produzida pelas folhas na fotossíntese. O floema deve transportar esta seiva até a raiz do vegetal, pois ela contém nutrientes necessários para a nutrição da mesma. Porém, a passagem é bloqueada na região do anel, não permitindo a chegada da seiva até a raiz.

A raiz, por sua vez, utiliza todas as suas reservas, mas com o tempo essas reservas esgotam ocasionando o falecimento das células radiculares, e suspendendo a absorção dos nutrientes necessários para o vegetal, o que leva também a morte da planta.
 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados