Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Química » Fundamentos da Química Orgânica » Classificação das cadeias carbônicas
01/06/2012 10:23

Classificação das cadeias carbônicas

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

9 – Classificação das cadeias carbônicas 

As cadeias carbônicas podem se classificam através de vários fatores: 

1- Cadeia aberta e fechada 

Cadeia aberta ou acíclica 

Nessa cadeia, os átomos de carbono não formam ciclo. 

Cadeia fechada ou cíclica 

Nessa cadeia, os átomos de carbono formam ciclo ou anéis. 

II) Classificação das cadeias acíclicas ou abertas

A) Quanto à disposição dos átomos 

Cadeia acíclica normal ou reta: 

A única que apresenta átomos de carbono primário e secundário, com duas extremidades.

Cadeia acíclica ramificada: 

Apresenta pelo menos um átomo de carbono terciário ou quaternário, com mais de duas extremidades. 

A cadeia do composto ao lado apresenta átomos de carbono primário e secundário com três extremidades considerada ramificada.

B) Quanto à natureza dos átomos

Cadeia homogênea:
 
Não apresenta átomos diferentes de caborno intercalados na cadeia, como as cadeias carbônicas de metilpropano e dimetilpropano, acetona e glicerol. 

Cadeias heterogênea: 

Apresenta átomos diferentes de carbono intercalados na cadeia. Os átomos diferentes recebem o nome de heteroátomos

O oxigênio e o nitrogênio são considerados heteroátomos das referidas cadeias carbônicas. Somente os átomos com valência maior que 1 podem ser heteroátomos.

C) Quanto ao tipo de ligação entre os átomos de carbono

Cadeia saturada: 

Os átomos de carbono ligam-se entre si, por ligações, como todas as cadeias carbônicas dos compostos mencionados até o momento.
 
Cadeia insaturada ou não-saturada 

Apresenta uma dupla ou tripla ligação entre átomos de carbono

A cadeia carbônica do ácido acético é homogênea, pois entre os átomos de carbono não existe nenhum heteroátomo e na saturada entre os dois átomos de carbono existe apenas uma ligação simples. Vejamos:

III) Classificação das cadeias cíclicas ou fechadas 

A) Quanto à natureza dos átomos

Cadeia homocíclica ou cíclica homogênea: em seu anel existem apenas átomos de carbono. 

Cadeia heterocíclica ou heterogênia: em seu anel existem átomos diferentes de carbono. Vejamos:

B) Classificação das cadeias homocíclicas 

O benzeno (C6H6) é um líquido incolor, que tem odor agradável, mas com vapores átoxicos, imiscíveis com água. Normalmente é usado como solvente, na fabricação de corantes, plásticos, medicamentos, explosivos. Encontrado no alcatrão de hulha, uma das frações provinientes da destilação seca da hulha, carvão mineral contendo aproximadamente 80% de carbono. 

A molécula do benzeno (C6H6) é composta por seis átomos de carbono, que são ligados alternadamente, por simples e duplas ligações. 

As cadeias homocíclicas são classificadas como cadeias alicíclicas.
 
As Cadeias alicíclicas não contêm núcleo benzênico. Vejamos:

Cadeias aromáticas contêm núcleo benzênico, classificados em cadeia aromática, o fenol comum (C6H5OH) é considerado um sólido, pouco solúvel em água, empregado como desinfetante, na fabricação de corantes, plásticos. 

A cadeia aromática pode ser composta por mais de um núcleo benzênico.
 
Cadeia aromática de núcleos isolados seus anéis não possuem átomos de carbono em comum.

Cadeia aromática de núcleos condensados seus anéis possuem átomos de carbono comum. 

Naftalleno ou naftalina (C10H8) é considerada um sólido branco que sofre sublimação para ser usado como inseticida sendo encontrado no alcatrão de hulha. 

Cadeia alifática 

• Existe uma certa divergência entre os autores quanto a classificação das cadeias.
• Alguns autores usam o termo cadeia alifática como sinônimo de cadeia aberta ou acíclica.
• Outros autores classificam como alifáticas as cadeias não-aromáticas. 

A afirmação mais correta seria as cadeias e as alicíclicas seriam alifáticas.





Comente!