Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Português » Introdução » Periodização da literatura Portuguesa
01/06/2012 11:03

Periodização da literatura Portuguesa

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

2. Periodização da Literatura Portuguesa

A literatura portuguesa esta dividida em três eras: a Medieval, nos séculos XII ao XV teve como característica o feudalismo o teocentrismo (Deus como o Centro). Na era clássica que tem como característica o Renascimento, nos séculos XVI e XVIII teve como base, restauração dos valores clássicos (Iluminismo). Já na Era Moderna ou Românica era o momento da era das máquinas e da eletricidade.

Certamente o tempo em que o escritor vive influência e muito na construção de obras literárias, mas por meio da linguagem expressam essa substância. A função da Literatura é fazer com que o leitor tenha prazer na leitura que realiza. A literatura é baseada em obras que já foram escritas.

Existem variados temas para os escritores literários: os diluidores, ao que já foi criado ele não criam nada acima, os mestres, são os que aperfeiçoam e atualizam essa tradição, e por fim os gênios, que acrescentam uma nova tradição e que também buscam a novidade.

Existem variados objetivos para os estudos literários e um deles é a compreensão de varias soluções que os escritores vêm criando para que haja expressão de sentimentos através da palavra, buscando valores e crenças de cada época, e fazendo com que cada um seja adaptado a um estilo literário, escolas, estilos e correntes. Por exemplo: dentro do Classicismo será estudado Camões.

Cronologia da Literatura Portuguesa

• Era Medieval Século XII a XV

Trovadorismo: 1198 – 1434 = 1198 Cantiga da Ribeirinha – Paio Soares de Taveirós- 1º doc. Literário (data presumida).

Humanismo Pré-renascentismo: 1434 -1527 = 1434 Nomeação de Fernão Lopes como Primeiro Cronista- mor do Reino (mecenatismo oficial).

• Era Clássica Século XVI a XVIII

Classicismo Renascentismo: 1527 – 1580 = 1527 é trazido da Itália por Sade Miranda A Medida Nova (os decassílabos, o soneto e outras formas clássicas).

Barroco cultismo e conceptismo: 1580- 1756 = 1580 Morte de Camões; união das coroas ibéricas e Domínio espanhol.

Neoclassicismo / Arcadismo e Pré-romantismo: 1756 – 1825 = 1756 Fundação da Arcádia Lusitana.

• Era moderna ou Romântica Século XIX.

Romantismo: 1825 – 1865 = 1825 Publicação do Poema Camões, de Almeida Garret.

Realismo-Naturalismo: 1865 – 1890 = 1865 Polêmica entre românticos e realistas.

Simbolismo e transição: 1890- 1815 = 1890 Publicação de Oaristos, de Eugênio de Castro.

• Modernismo Século XX.

I – Geração Orpheu: publicação da Revista Orpheu em 1915, que passou a ser o porta-voz do Orfismo. (Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro, Almeida - Negreiros).

II – Geração Presença: Houve a publicação da revista Presença, em 1927, que foi porta-voz do Presencismo. (José Régio, Branquinho da Fonseca, João Gaspar Simões, Miguel Torga etc.).

III. Neo-realismo: 1940 Publicações de Gaibéus, de Alves Redol. (Ferreira de Castro, Alves Redol, Virgílio Ferreira, Fernando Namora e etc.).

• Autores Contemporâneos:

Mário Cesariny de Vasconcelos, Antonio Ramos Rosa, Luisa Neto Jorge, Eugênio de Andrade, Teresa Velho Horta José Saramago, Alfredo Margarido, José Cardoso Pires e etc.





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.