Digite o que você quer buscar:  
01/06/2012 09:58

O Diretório

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

Nessa época, Instalou-se uma verdadeira ditadura dos jacobinos, sob a liderança de Robbespierre. Este, para governar, procurava equilibrar-se entre as diversas tendências políticas, umas mais identificadas com a alta burguesia e outras mais próximas das aspirações das camadas populares.

O governo de Robbespierre alcançou alguns êxitos, principalmente no setor militar. O exército francês conseguiu reprimir o ataque estrangeiro que pretendia invadir novamente a França.

Robbespierre, tentando sustentar-se no poder por meio da eliminação das oposições dentro do governo, condenou à morte alguns membros da própria Convenção, dentre os quais Danton, que discordavam de suas práticas radicais.

Os girondinos e a planície uniram forças contra o governo de Robbespierre, que por sua vez perdeu o apoio popular. O resultado foi a prisão e a execução por guilhotina de Robbespierre.

O Diretório

Após a morte de Robbespierre, a Convenção passou a ser controlada pelos representantes da alta burguesia que, por sua vez, elaboraram uma nova Constituição.

Essa constituição ficou pronta em 1795, estabelecendo a continuidade do regime republicano. Ele seria controlado pelo Diretório, composto por cinco membros eleitos pelo Legislativo.

O diretório durou de 1795 a 1799. Foi um período de governo conturbado, em função do desemprego, a falta de abastecimento das cidades e a corrupção. O Estado tentava conter o descontentamento popular e reafirmar o poder político da burguesia sobre o país, mas a situação era preocupante.

O 18 Brumário

Durante o período de embate contra as tropas estrangeiras, o grande destaque foi o jovem general Napoleão Bonaparte. O jovem general, recém-chegado do Egito e com papel de destaque na campanha da Itália, foi o homem escolhido pela burguesia para pôr fim à instabilidade política e derrubar o Diretório.

Apoiado pela burguesia e pelo exército, Napoleão deflagrou o Golpe do 18 Brumário, em 10 de novembro de 1799. Com esse golpe, foi consolidado o poder da burguesia.

Em defesa de seus interesses mais profundos, a burguesia sacrificava a liberdade política por uma "mão forte" que lhe garantisse uma ordem econômica favorável. Encerrava-se o período de maturação interna da revolução e iniciava-se a fase de sua consolidação e expansão para o restante da Europa, por meio das baionetas dos exércitos de Napoleão.

A repercussão da Revolução Francesa foi intensa: na Europa, as instituições burguesas foram difundidas pelas guerras napoleônicas; no continente americano, o exemplo francês contribuiu para acelerar o processo de independência das colônias da América espanhola e portuguesa.


Receba conteúdo de
CATEGORIA e aprenda por SMS:

Custo de R$ 0,31 + impostos por mensagem, até 30 mensagens por mês. Para cancelar envie COLEGIO CATEGORIA SAIR para 49810

Digite seu número:

Comente!