Digite o que você quer buscar:  
01/06/2012 10:01

A mineração

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

11. A mineração

O interesse pela mineração, que era considerada nova fonte de lucros, começou quando a cana- de- açúcar estava em queda. Assim começa a chamada “corrida contra o ouro”, que foi provocada em algumas regiões por desempregados, que partiram atrás da ideologia de se tornarem ricos, assim procuravam trabalho. Foi uma fase em que economia tinha se voltado para a extração mineral. Minas Gerais, Mato grosso e Goiás foram as principais regiões. Após a descoberta das primeiras minas de ouro, o rei de Portugal tratou de organizar sua extração.
A mineração também foi desenvolvida através do ouro aluvião, que era conhecido por suas características, um baixo nível técnico e um baixo esgotamento das jazidas.
Se casou com Bernarda Luís, era filha de Domingos Luís, que era chamado de o coveiro e de Ana Camacho. Tiveram muitos filhos, uma geração numerosa, entre eles dois que se destacam bastante como, o Bandeirante Bartolomeu (O moço) Bueno, que tinha o mesmo nome do avô, tinha também o Amador Bueno que também era bandeirante havia sido agraciado com o nome de seu pai.

Legislação, órgãos e tributos da mineração:
Em 1702 foi quando Portugal criou um Regimento das Terras Minerais, que controlava a exploração, o que acabava por modificar a Carta Régia(1602), que estabelecia uma livre exploração, com o pagamento do quinto para a metrópole. Em 1720 foram criadas as Casas de Fundição, que tinha por objetivo a tornar efetivo a cobrança do quinto, mas só entrou em vigor cinco anos depois. Já em 1735 haviam estabelecido um novo imposto a Capitação, que cobravam 17 gramas por em atividade na mineração, sendo que cinco anos antes o quinto passou por uma redução.
Em meados de 1750,conseguiram instituir o quinto por estimativa, que ficou conhecido como Finta. Já em 1765 foi estabelecido a derrama, uma cobrança do quinto atrasado.

A exploração dos diamantes:

A exploração do diamante, pedra em no século XVIII, o Brasil se tornou um grande produtor, tendo o monopólio de sua produção. Em 1729 foi quando encontraram as primeiras pedras de diamante. O governo português acabou se tornado ainda mais exigente, começou a demarcar cuidadosamente o território da atividade, esse território que hoje rodeia Diamantina.
Antes da descoberta do diamante, não vivia muita gente eram cerca de 5 00 habitantes, mas em 1733, estima-se que cerca de 40 000 pessoas já garimpavam em Distrito Diamantino, como era chamado na época.
Mas em 1832 foi decretada a liberdade de exploração.

As conseqüências da mineração:
A mineração foi muito importante para o desenvolvimento do país, e teve com ela muitas conseqüências, como por exemplo na colônia, que conseguíamos ver na vida política, econômica e administrativa. No século XVIII ouve uma exploração populacional onde conseguiram ultrapassar a margem de mais de um milhão de habitantes. Em 1763 foi transferida a capital de Salvador para o Rio de Janeiro, com ordens do Marquês de Pombal. A mineração regularizou o desenvolvimento do comércio, juntamente com a urbanização.O que ajudou com a anulação da demarcação feita pelo Tratado de Tordesilhas, foi a corrida do ouro, quando no interior do Brasil começou a haver povoamento.

Uma cultura Minera:

A cultura minera tem uma grande influência, para o Brasil. Nas formas esculturais temos Aleijadinho, um dos importantes nomes do barroco mineiro, na litura os poetas Árcades como Tomé Antonio Gonzaga e Claudio Manuel da Costa. Em meados do século XVIII, alguns artistas barrocos já se destacavam, como Lobo de Mesquita, músicas sacro-barroca que eram ouvidas em missas lideradas pelo padre José Maurício Nunes Mesquita. Já no século XIX um dos compositores mais famosos e de forte influencia se destaca, como: Ary Barroso, assim também os ritmos como: Samba, chorinho e as marchinhas.


Receba conteúdo de
CATEGORIA e aprenda por SMS:

Custo de R$ 0,31 + impostos por mensagem, até 30 mensagens por mês. Para cancelar envie COLEGIO CATEGORIA SAIR para 49810

Digite seu número:

Comente!