Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » História do Brasil » Comunidade Indígena » Período Pré-Colonial (1500-1530)
01/06/2012 11:38

Período Pré-Colonial (1500-1530)

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1. CONCEITO: 

- período (1500-30) em que Portugal não se interessa pela efetiva colonização do Brasil em função deste não preencher os seus interesses mercantilistas (metais e comércio).

2. MOTIVOS DO DESINTERESSE DE PORTUGAL PELA COLONIZAÇÃO: 

- os portugueses não encontraram, no Brasil, sociedades organizadas com base na produção para mercados. 
- o Brasil não oferecia metais preciosos nem produtos para o comércio. 
- a crise demográfica portuguesa. 
- Portugal estava concentrado em torno do comércio Oriental.

3. CARACTERÍSTICAS: 

- durante esse período Portugal limitou-se a enviar para o Brasil expedições de reconhecimento e de defesa e iniciou a extração do pau-brasil.

4. EXPEDIÇÕES EXPLORADORAS: 
• Gaspar de Lemos (1501).
• Gonçalo Coelho (1503).
+ objetivos: fazer o reconhecimento geográfico e verificar as possibilidades de exploração econômica da nova terra descoberta.
+ resultados: denominação dos acidentes geográficos e constatação da existência de pau-brasil.

5. EXPEDIÇÕES GUARDA-COSTEIRAS: 

• Cristóvão Jacques (1516-1526).
+ objetivos: policiar o litoral e expulsar os contrabandistas.

6. EXPLORAÇÃO DO PAU-BRASIL: 

- primeira atividade econômica portuguesa no Brasil: exploração e comércio da madeira de tinturaria. 
- atividade extrativa, assistemática e predatória. 
- estanco: monopólio régio  uma limitação ao exercício de uma atividade econômica, salvo o seu desempenho pela Coroa ou a quem esta delegasse. 
- escambo: tipo de relação de trabalho onde há troca de serviço/mercadoria por outra mercadoria  o corte e o transporte da madeira eram feitos pelos indígenas, que, em troca, recebiam bugigangas. 
- feitorias: eram os depósitos que armazenavam as toras de pau-brasil.





Comente!