Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Geografia » Introdução ao estudo da geografia » Características gerais do espaço brasileiro
01/06/2012 10:10

Características gerais do espaço brasileiro

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

5. Características gerais do espaço Brasileiro:

Posição Geográfica:

O Brasil está localizado na região centro-leste da América do Sul, só não fazendo fronteira com três países sul-americanos: Chile, Equador e Trinidad-Tobago. 

A linha do Equador corta o norte do Brasil, sendo assim somente 7% do território brasileiro está localizado no Hemisfério Norte, e o restante está no Hemisfério Sul. 

O Trópico de Capricórnio atravessa o sul do país, desse modo praticamente todo o território brasileiro está situado na zona tropical do planeta, sendo apenas 8% localizado na zona subtropical.

Conseqüências da nossa situação geográfica:

Em nosso país existem diversos tipos de clima (equatorial, tropical e subtropical) tornando-se possível o cultivo de muitos tipos de vegetais importantes para a vida humana. 

O fato de 93% do território brasileiro está localizado no Hemisfério Sul possibilita amenizar o clima nos países que estão no Hemisfério Norte.

Área:

Em 1991, houve um aperfeiçoamento nos processos de cálculo e medição das áreas, assim o território brasileiro ficou em 5° lugar entre os países mais vastos do planeta, com 8.547.403,5 Km2, sendo que essa área é equivalente à 5,7% das terras emersas ou 1,6 da área total do planeta. 

Vantagens e desvantagens da grande extensão território:

A vantagem da grande extensão do território brasileiro é que possuímos uma grande área para a atuação da agricultura, em favor das diversas zonas climáticas. Além disso, há mais possibilidades de recursos vegetais, animais e minerais. 

Porém, a desvantagem está na grande distância que há entre um Estado e outro, criando um grande problema para os órgãos governamentais que precisam desenvolver ferrovias e rodovias modernas e por alto preço. E, além disso, essa enorme extensão territorial resulta numa desigualdade social, política e econômica entre as regiões brasileiras. 

Limites e pontos extremos:

O Brasil possui 23.086 Km de extensão de sua linha divisória, sendo que 7.367 Km de sua costa limita-se com o Oceano Atlântico e 15.719 com seus países vizinhos.

Norte: Guiana Francesa (2,83%), Suriname (2,58%), República da Guiana (6,94%), Venezuela (6,47%).
Nordeste: Colômbia (7,11%).
Oeste: Peru (12,95%) e Bolívia (13,52%).
Sudoeste: Paraguai (5,79%) e Argentina (5,46%).
Sul: Uruguai (4,34%).
Norte, Nordeste, Leste e Sudeste: Oceano Atlântico (32,03%). 

Expansões da linha divisória, segundo os países limítrofes e oceano atlântico:

Existem diversas fronteiras terrestres, sendo que as predominantes são as naturais formadas por rios, lagos e serras. 

Os rios completam 50% das fronteiras, 25% são formadas pelas serras, 20% pelas linhas geodésicas e 5 % pelos lagos.

Norte: Nascente do Rio Ailã, na Serra do Caburaí (5° 16’20” de latitude norte), que se encontra no estado de Roraima, fazendo fronteira com a Guiana.

Leste: Ponta Seixas, localizada na Paraíba (34° 47’30” de longitude oeste).

Sul: Arroio Chuí, que está localizado no Rio Grande do Sul (“33° 45’03” de latitude sul), fazendo fronteira com o Uruguai. 

Oeste: Nascente do rio Moa, na Serra de Contamana, localizada no estado do Acre (73° 59’32” longitude oeste), fazendo fronteira com Peru. 





Comente!