Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Geografia » Indústria Extrativa Mineral » Conceitos e tipos de indústrias
01/06/2012 10:10

Conceitos e tipos de indústrias

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

1. Conceito e tipos de indústria 

Podemos definir a indústria como qualquer atividade humana, que com auxílio do trabalho, converte matéria-prima em produtos que serão consumidos pelas pessoas ou por outras indústrias. 

Podemos dividir a indústria em: 

1. Extrativa 

A indústria extrativa retira a matéria-prima da natureza para ser utilizada em outras indústrias. Existem dois tipos principais desse tipo de indústria: a indústria extrativa vegetal e a indústria extrativa mineral. 

A indústria que extrai o petróleo é um exemplo de indústria extrativa. 

2. De transformação 

São as indústrias que produzem alimentos, roupas e todos os produtos que são consumidos no nosso dia-a-dia (indústrias de bens de consumo). E que fazem a primeira transformação da matéria-prima para ser utilizada em outras indústrias (indústrias de bens de produção). 

Recursos Minerais 

Existem dois tipos de minerais localizados sobre a superfície da Terra: 

Minerais Fósseis: são provenientes da decomposição de restos de animais e vegetais que ficaram depositados em camadas de rochas sedimentares. Exemplo: petróleo, carvão. 

Minerais Não-Fósseis: são compostos químicos metálicos e não-metálicos que tornaram-se mais consistentes no interior das rochas. Exemplo: manganês, prata, fosfatos, amianto, ferro, ouro. 

Nesse sentido, sabe-se que os vários elementos vão se originar numa determinada região, conforme o tipo de formação geológica da área. Sendo assim, quanto maior for a dimensão do país, mais possibilidades ele terá de conter em seu território os diversos tipos de rochas e consequentemente todos os tipos de minerais. 

Porém, esses países de grandes dimensões, como o Brasil, que possui todos os tipos de rochas, nem sempre obtém os minerais em quantidades suficientes para atender a demanda de sua economia. Portanto, os minerais podem ser classificados conforme a sua disponibilidade: 

- abundantes: são os minerais encontrados em grandes quantidades, e que por isso são usados tanto pela própria região, quanto para exportação. Exemplo: ferro, alumínio e manganês. 

- suficientes: são encontrados em quantidades suficientes para atender a sua própria região, portanto não é possível ser usado para exportação.

- carentes: são encontrados em pequenas quantidades, que são insuficientes para o abastecimento interno. Exemplo: carvão mineral





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.