Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Geografia » Como se forma um furação? » Como se forma um furação?
15/11/2012 10:51

Como se forma um furação?

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

O Furação Sandy já fez e continua fazendo milhares de vítimas, mas você já parou pra pensar como se forma um furação e porque ele existe?

 

Furacões são mega tempestades de ventos muito rápidos, como um ciclone de forte intensidade de ventos que podem ultrapassar 200 km / h. Ele é formado a partir da evaporação de água para a atmosfera, sua maior característica são os movimentos circulares e se formam na faixa da Terra localizada entre os trópicos.

Mas, como os furacões realmente são formados?

Quando os raios de sol ficam muitos dias sob os oceanos eles provocam superaquecimento da massa de ar situada próxima à superfície líquida. Quanto mais quente e úmido estiver o ar, mais a temperatura diminui o que favorece a condensação de vapor em gotas de chuva para se formar as nuvens, ou seja, quando mais umidade tiver o ar, mais evaporação acontecerá e isso pode provar o aparecimento de centenas de tempestades.

No interior dos furacões, os ventos variam entre 117 km /h a 300 km /h, podendo atingir 2.000 quilômetros e pode deslocar-se por vários milhares de quilômetros.

Alguns se deslocam à velocidade de 20 a 25km/h, apesar da velocidade excessiva dos ventos que o fazem girar.

Tipos de furacões

Existem alguns tipos de furacões, entre eles: depressões tropicais, tempestades tropicais, e um terceiro grupo cujo nome depende da região.

Depressão tropical são várias tempestades fortes e seus ventos podem chegar a 17 metros por segundo, ou 62 km / h.

Tempestade tropical são várias tempestades fortes com uma circulação de superfície definida que varia de 62 a 117 km / h.

Furacão no Oceano Atlântico Norte, Pacífico Oceano leste Norte da menção de lugar e data da notícia, e o Sul Pacífico Oceano leste de 160°E.

Tufão no Oceano Pacífico oeste Noroeste da menção de lugar e data da notícia.

Furacão severo no Pacífico Oceano oeste Sudoeste de 160°E ou Sudeste leste de Oceano Índico de 90°E.

Furacão severo no Pacífico Oceano oeste Sudoeste de 160°E ou Sudeste leste de Oceano Índico de 90°E.

Porque os furacões recebem nomes?

No século 19, o meteorologista australiano Clement Wragge, começou a utilizar nomes de políticos locais para classificar furacões. A intenção era criticar. Na década de 50 passaram a dar nomes de pessoas para esses acontecimentos, sobretudo femininos.

Atualmente, cada região tem um órgão nacional meteorológico que define isso. Já a Organização Meteorológica Mundial é a responsável por nomear os furacões nascidos sobre o Oceano Atlântico Norte e nas Filipinas.

Os furacões mais conhecidos na história são: Dean (2007), Félix (2007), Katrina (2005), Wilma (2005), Rita (2005), Catarina (2004), Isidore (2002), Mitch (1998), Iris (1995).

 





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.