Digite o que você quer buscar:  
01/06/2012 10:06

Impactos Ambientais

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

A desertificação – A desertificação, segundo a ONU, é "a degradação das terras nas zonas áridas, semi-áridas e subúmidas secas, resultante de fatores diversos como as variações climáticas e as atividades humanas". (Agenda 21 da Eco-92). A desertificação pode ter como causas:

a) O uso intensivo do solo para a agricultura.

b) As técnicas não apropriadas de irrigação e cultivo

c) Os desmatamentos.

d) A fragilidade do ecossistemas.

Em cerca de 100 países onde esse processo se verifica, geralmente ocorrem:

a) Problemas sociais – Fome, desnutrição, analfabetismo, diminuição da renda e do consumo nas áreas rurais e, quando ocorrem migrações para as áreas urbanas, dá-se ainda a pobreza, a desestruturação familiar, o desemprego.

b) Problemas ambientais – Destruição da biodiversidade, erosão dos solos, formação e avanço de dunas, etc.

c) Problemas econômicos – Redução dos recursos hídricos e das terras cultiváveis, desemprego, estagnação econômica nas áreas atingidas, etc.

Os impactos ambientais em ecossistemas agrícolas:

A agricultura, cuja finalidade é produzir alimento e matéria-prima para a indústria, também pode provocar sérios danos à natureza. O cultivo da terra para fins agrícolas fez desaparecer parcela significativa da vegetação original dos continentes. Entretanto podemos evitar a progressão desse problema, tomando algumas medidas de prevenção.

Medidas preventivas: 

• O plantio em curvas de nível.

• A terraceamento.

• A associação de culturas.

A poluição das águas – Oceanos, lagos, mares e rios, sobretudo os que estão nas proximidades de regiões industrializadas, estão seriamente poluídos. Centenas de rios e lagos dessas regiões não possuem mais nenhum tipo de vida. Grande parte dos oceanos e mares, principalmente nas regiões costeiras, onde se concentra a maior parte da fauna marinha, encontra-se violentamente poluída.

A água é severamente atingida pela escalada desenvolvimentista da sociedade capitalista. "Mais de 1,2 bilhão de pessoas não dispõem de água potável para beber e 1,8 bilhão de pessoas não dispõem de saneamento adequado. A água limpa salvaria a vida de 2 milhões de crianças a cada ano. Todos os anos as doenças decorrentes da água imprópria custam à Índia 73 milhões de dias de trabalho." (NAGLE e SPENCER. Advanced Geography. Oxford University Press, p. 137. 1997.).

Principais fontes de poluição das águas:

a) Os efluentes industriais e residenciais.

b) O chorume do lixo orgânico.

c) O lixo sólido.

d) Os resíduos agropecuários.

e) A mineração.


Receba conteúdo de
CATEGORIA e aprenda por SMS:

Custo de R$ 0,31 + impostos por mensagem, até 30 mensagens por mês. Para cancelar envie COLEGIO CATEGORIA SAIR para 49810

Digite seu número:

Comente!