Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Física » Estudo dos Geradores » Associação em Paralelo
01/06/2012 10:47

Associação em Paralelo

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

Aplicação
Dois resistores, de 4 e 6, são associados em série. Uma bateria fornece aos extremos da associação uma ddp de 12V. Determine:

a) a resistência equivalente da associação;

b) a intensidade da corrente em cada resistor;

c) a ddp em cada resistor. 

Solução:
a) Cálculo da resistência equivalente:
 

Rs = RAC + RCB RS = 4 + 6 RS = 10

b) Cálculo da corrente:

Pela lei de Ohm:

UAB = RS . i 12 = 10 . i i = 1,2A

c) Como a corrente é comum, vem:

UAC = RAC . i UAC = 4 . 1,2 UAC = 4,8V

UCB = RCB . iUCB = 6 . 1,2 UCB = 7,2V

ASSOCIAÇÃO EM PARALELO

Quando dois ou mais resistores têm seus terminais ligados à mesma diferença de potencial, de modo a oferecer caminhos separados para corrente. 
 
Em que Rp é o resistor equivalente da associação em paralelo.

Características da associação em paralelo:

a) A tensão U é a mesma em todos os resistores, pois estão ligados aos mesmos terminais A e B.

b) A corrente i na associação é igual à soma das correntes em cada resistor: i = i1 + i2 + i3

Aplicando-se a 1.ª lei de Ohm a cada um dos resistores, podemos determinar a resistência do resistor equivalente:

i = i1 + i2 + i

O inverso da resistência equivalente é igual à soma dos inversos das resistências associadas.

Se houver somente dois resistores em paralelo, de resistências R1 e R2, a resistência equivalente Rp dessa associação pode ser determinada por:
    .





Comente!