Digite o que você quer buscar:  
Home » Trabalhos Escolares » Física » Campo elétrico uniforme » Gerando um campo elétrico uniforme
01/06/2012 10:49

Gerando um campo elétrico uniforme

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

Gerando um campo elétrico uniforme 

Campo de uma superfície plana 

Para entendemos um pouco deste campo, vamos imaginar uma superfície plana e infinita, que possuem algumas cargas elétricas positivas, que são uniformemente distribuídas, sendo que a densidade superficial das cargas é representada por +σ, podemos dizer ela é constante. 

Pelo simples fato das cargas serem carregadas positivamente, elas são capazes de gerar um campo elétrico de afastamento onde suas linhas de força, são totalmente perpendiculares ao plano, portanto as retas são paralelas entre si. Vejamos a ilustração: 

Com isso podemos concluir que em todos os espaços que são divididos pelos planos, existirá um campo elétrico uniforme. Porém com sentidos opostos. 

Já se as cargas forem carregadas negativamente, apresentando uma densidade superficial –σ, suas semi-retas irão ser de aproximação, com relação ao plano. 

Vejamos agora duas figuras, onde uma apresenta semi - retas de aproximação e a outra de afastamento. 

Com base nas considerações acima, podemos afirmar que a intensidade que é gerada por um plano de cargas distribuído uniformemente, é considerada totalmente proporcional à densidade que é superficial as cargas, onde o valor é inversamente proporcional e absoluto à grandeza absoluta, de todo o meio que engloba o plano. 

Vejamos a expressão: 

Lembrando que independente de qualquer coisa, cada um dos planos, gera um campo de intensidade. 

Como já vimos anteriormente, o campo elétrico pode ser considerado uma grandeza vetorial, podendo assim ser estudado ponto a ponto, através do vetor campo elétrico (E). Vejamos agora uma ilustração, onde estão representadas as três regiões, e os vetores: 

Portanto podemos concluir que pode ocorrer a formação de um campo elétrico uniforme de cargas opostas nos planos α e β. Vejamos a ilustração:





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.