Digite o que você quer buscar:  
31/05/2012 18:06

Gutação ou sudação

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

10. Gutação e sudação

Gutação é o processo realizado pelos vegetais, que consiste em eliminar a água em forma de gotas, através de poros denominados hidatódios.

Existem dois tipos de hidatódios nos vegetais:

• Hidatódio epidermal: é quando somente uma célula epidérmica tem a capacidade de expulsar a água, geralmente, através do transporte ativo.

• Hidatódio epitemal: é também chamado de estômato aqüífero, consiste de duas células estomáticas e vigorosas que cercam um poro que fica constantemente aberto. Há também uma câmara subestomática, que possui um interior composto por uma polpa, denominada parênquima aqüífero, na qual se sobressaem os vasos de xilema, condutores de água. Este tipo de Hidatódio ocorre com mais freqüência. 

A sudação se torna um processo mais passivo quando as raízes estão submergidas em solvente puro ou em solução aquosa de nutrientes sem aeração.

A sudação é somente um processo ativo quando a raiz estiver submergida em uma solução de nutrientes com aeração, e se a atmosfera estiver preenchida de vapor d’água.

Existe um outro processo que se refere a absorção de água, que é denominado exsudação.

A exsudação ocorre quando o caule da planta é cortado, causando uma ascensão dos nutrientes, que serão eliminados pelo corte.

Acomodando este caule em um tubo relacionado ao manômetro, pode-se conferir no interior da raiz uma pressão, chamada de pressão da raiz.

Consequentemente, quando a transpiração é mais intensa do que a absorção, não há gutação nem pressão da raiz. Por isso que, somente algumas plantas realizam este processo, apesar de ser muito importante, pois ele ajuda no transporte de água no xilema.


Receba conteúdo de
CATEGORIA e aprenda por SMS:

Custo de R$ 0,31 + impostos por mensagem, até 30 mensagens por mês. Para cancelar envie COLEGIO CATEGORIA SAIR para 49810

Digite seu número:

Comente!