Digite o que você quer buscar:  
01/06/2012 11:36

Os anfíbios

Aumentar fontes para melhor leitura Diminuir fontes para melhor leitura

Anfíbios são animais de pele fina e úmida, na qual não ocorrem pêlos ou escamas externos. Os sapos, as rãs e as pererecas são exemplos de anfíbios, porque começam a vida na água.

Sapo
Existem cerca de 4.800 espécies de sapos. A maioria deles vive próximo a uma fonte de água, muito embora existam sapos que vivam em ambientes úmidos que não são considerados ambientes aquáticos, como a serrapilheira de florestas tropicais úmidas. A necessidade por água é mais premente para os ovos e os girinos do sapo, e algumas espécies utilizam poças temporárias e água acumulada nos ramos de plantas, como as bromélias, como sítio de criação.
Os sapos jovens são chamados girinos e permanecem na água por algum tempo. Aos poucos, os girinos perdem a cauda, criam pernas, tornam-se adultos e passam a viver fora da água. Na época da reprodução, os sapos machos e fêmeas voltam a água para se acasalar e formar os ovos, dos quais sairão os girinos. 

                    

girinos

sapo

Os peixes 

Tubarão
 
Os peixes são animais vertebrados, que possuem, os membros transformados em nadadeiras sustentadas por raios ósseos ou cartilaginosos, as brânquias com que respiram o oxigênio dissolvido na água e, na sua maior parte, o corpo coberto de escamas.
O tubarão é um peixe de grande porte.
Algumas espécies de tubarão são bastante agressivas. Vivem no mar e em determinados lugares costumam atacar os banhistas. São animais muito ágeis.
Respiram por meio de brânquias e nunca ficam sem dentes.Quando os dentes da fileira da frente começam a quebrar ou ficar gastos são substituídos por novos na fileira de trás. 





Você também vai querer ler...

Comente!

Que tal ajudar?

Ajudamos milhões de estudantes todos os meses, levando conteúdo educacional, de graça. Faça uma doação e ajude a manter o projeto. Clique no botão ao lado.