Colégio Web

Conceito de excreção

Publicidade

1. Conceito de excreção

O metabolismo humano trabalha quando o corpo esta em repouso, separando o que pode ou não ser utilizado por ele, sendo que o que não for utilizado será eliminado pelo organismo.

Esta substância eliminada é denominada excreção.

1.1 Principais catabólitos 

Os catabólitos mais essenciais são:

– CO2 (dióxido de carbono) – H2O (água)
– sais – bile
– NH3 (amônia) – CO (NH2)2 (uréia)
– C5H4N4O3 (acido úrico) – creatinina

Homeostase é uma função do organismo que regula o meio interno do ser humano. 

1.2 Tipos de estruturas excretoras

A excreção nos organismos pluricelulares e nos protistas ocorre por difusão.

Os protistas de água doce têm uma excreção mais complexa, eles possuem uma massa do citoplasma celular na qual age liberando água no interior da célula.

Eles excretam por meio dessa massa do citoplasma celular, comprovado pela excreção de amônia. 

Os protistas marinhos se encontram em conexão com água do mar por este motivo se difundem com a mesma.

Os platelmintos possuem uma massa do citoplasma celular cuja sua função é liberar a água do interior celular.

A excreção das planarias é considerada simples, para eliminar a água do interior celular há vários canais no seu organismo, denominados célula – flama e um citoplasma fino no qual encaminham a água através das covas ao sistema excretor

O sistema excretor dos asquelmintos se constitui em simples e duplo. O sistema simples ocorre nos asquelmintos de vida livre, ele é formado por uma célula ventral e anterior que possui um canal com uma abertura na região posterior da linha mediana.

No sistema duplo os nematóides possuem dois canais que decorrem ao longo das linhas laterais, estes dois canais se encontram formando um único tubo no âmago dos asquelmintos, na qual se dividem novamente encaminhando as substancias assimiladas e transformadas ao canal excretor.

Os crustáceos têm uma excreção diferenciada, em sua cabeça há um canal branco, um labirinto, uma bexiga, o sistema excretor, um saco na extremidade e uma glândula verde.

O saco é interligado ao labirinto, que dele se expande o canal branco abrindo a extremidade e produzindo a bexiga com um pequeno canal interligado ao sistema excretor.

Pôr fim a glândula verde excreta as substancia assimiladas e transformadas. 

O anelídeo possui um sistema excretor denominado nefrídeos. As substancias assimiladas e transformadas entram por um canal e os transporta até a extremidade, sendo rodeado por vasos sanguíneos, na qual se constitui um orifício onde são excretadas as substancias. 

Os insetos possuem varias formas de excreção, a primeira o inseto elimina o dióxido através dos canais que conduzem o ar para todas as partes do corpo, o acido úrico assimilado e transformado é excretado pelo canal de Malpighi. Eliminam as substancias e as fezes através do ânus. Os miriápodos e os aracnídeos possuem o canal de Malpighi. 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados