Colégio Web

Sexo Oral

Sexo oral consiste em toda a atividade sexual onde ocorre estímulo dos genitais com a boca, a língua e possivelmente com a garganta. Quando é feito no homem normalmente é chamada felação/Fellatio e quando é feito na mulher se chama cunilíngua/Cunnilingus. 

Podendo ser realizado como preliminares antes do acto sexual, assim como o climax de um acto sexual, durante ou depois do acto Sexual. Podendo ser vezes realizado com a exclusão de todos as outras formas da actividade sexual. No sexo oral pode ou não incluir a ingestão ou absorção do sêmen e/ou de fluido vaginal, não apresentando riscos para a Saúde numa relação entre indivíduos saudáveis, entretanto pode se tornar uma via de transmissão quando um dos indivíduos é portador de alguma doença, mesmo que não mostre os seus sintomas. 

A ingestão destes flúidos sozinha, sem contato físico boca-genitalia (por exemplo, o fetiche facial conhecido como bukkake), não é considerada sexo oral. 

O sexo oral é praticado em relacionamentos homossexual e heterossexual. Em relacionamentos heterossexual, o sexo oral pode ser um método do Anti concepcional (controle de natalidade), tendo em vista que gravidez é inviável desde que o esperma não entrar em contato com a vagina. É importante ressalvar que o sexo oral não é um métodos eficazes de impedir as Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), embora algumas formas de DST se acredite serem menos prontamente transmissíveis nesta maneira.Alguns casais heterossexuais usam o sexo oral como um substituto para o coito durante o ciclo menstrual mulher ou durante a gravidez. 

Muitas mulheres que são anorgasmia podem somente conseguir o orgasmo através do sexo oral, e assim que preferem-no freqüentemente em vez ou além do sexo vaginal.
Alguns povos não consideram que o sexo oral possa mudar o status da sua virgindade sendo um acto aceitável por algumas pessoas que se auto-identificam como virgens.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados