Colégio Web

O que é contracepção?

2A contracepção é um aspecto importante não apenas para o atendimento de demandas individuais em relação à gravidez e controle de doenças sexualmente transmissíveis. Ela também vai ser importante para o controle de natalidade, que é um aspecto de política de cada nação. Em alguns países, os métodos contraceptivos acabam sendo inclusive alvo de discussões relacionadas à ética, pois a depender da cultura e religião de um povo, tais métodos podem inclusive ser condenados.

Há países que são contrários a todas as formas de controle de nascimento. Outros, aceitam apenas as formas de controle natural. Já em algumas regiões o controle de natalidade é aceito a partir de todos os métodos. Quem defende o controle da natalidade usa o argumento da necessidade dos países se manterem alerta para o problema das superpopulações. Como já ultrapassamos os setes bilhões de indivíduos no mundo, o planejamento social acaba sendo uma alternativa para que se evite uma explosão demográfica. Além de vários problemas sociais, há ainda a preocupação com os recursos naturais. Com mais pessoas no universo, nossa “casinha” tende a ficar ainda mais difícil de ser preservada corretamente.

Para algumas pessoas, usar um método contraceptivo acaba sendo mais importante do que tratar de mais problemas relacionados ao meio ambiente. A contracepção é diferente do aborto. Com ela, não se inicia a gravidez. Há muitas discussões sobre o momento em que uma vida é iniciada e a partir daí muitos consideram que o aborto acaba sendo um crime. É um debate religioso e ético que começa com a fecundação e vai até mesmo aos métodos abortivos usados em cada nação. A depender de como a discussão é conduzida, até mesmo a vida da mulher acaba sendo colocada em risco.

Gravidez e doenças sexualmente transmissíveis

1A contracepção (controle da natalidade) é o termo usado para a prevenção da gravidez. Existem diversas formas de prevenção à gravidez. Algumas são muito mais eficientes que outras, que vão desde o uso de medicamentos hormonais, dispositivos anticoncepcionais (barreiras), períodos de abstinência sexual e até cirurgia. A seguir serão informados alguns procedimentos básicos sobre estes vários métodos que poderão ajudar na escolha de qual método é melhor para você e seu estilo de vida.

Lembre-se de ponderar que o método que escolher deverá protegê-lo também de doenças sexualmente transmissíveis. Às vezes, será necessário utilizar mais de um método para prevenir gravidez e doenças.

O preservativo masculino de látex e o preservativo feminino de poliuretano são os melhores métodos de proteção atualmente disponíveis contra doenças sexualmente transmissíveis.

Eles são a única forma de reduzir o risco de ser infectado durante o ato sexual com o HIV, o vírus que causa AIDS e algumas outras doenças. Os métodos anticoncepcionais que fazem uso de hormônios, as tabelas baseadas no ciclo menstrual e o coito interrompido não garantem qualquer proteção contra doenças.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados