Colégio Web

Métodos de contracepção

2A chegada da cegonha, muitas vezes, acaba sendo precipitada. Por falta de prevenção, muitos casais enfrentam uma gravidez inesperada. E pode-se realmente dizer que é por pura e simples falta de prevenção, já que os métodos anticoncepcionais são os mais diversos atualmente.

Métodos naturais, métodos de barreira e métodos hormonais podem ser usados a qualquer momento. Basicamente, as formas para se evitar a gravidez se dividem nestas categorias e cada procedimento tem características diferentes para prevenir que o espermatozóide chegue ao óvulo.

Dentre os métodos naturais mais utilizados, se encontram a tabelinha e o coito interrompido. No primeiro, evita-se relação sexual nos dias considerados férteis. Para descobrir quais são estes dias, a mulher deve anotar as datas de sua menstruação, a fim de verificar quantos dias tem seu ciclo e calcular seus dias férteis.

Já o coito interrompido nada mais é que a interrupção da relação sexual antes que a ejaculação aconteça. Vale ressaltar que nenhum destes métodos é de grande eficácia.

Já que existem vários métodos, torna-se importante que a mulher ou o homem procure um especialista antes da escolha do método a ser utilizado, pois é preciso levar em consideração a idade do indivíduo, com qual frequência ele mantém relações sexuais, a sua real necessidade em termos de reprodução. E principalmente como está a saúde do casal. Outro aspecto diz respeito à consciência que é preciso ser adotada para o bom funcionamento do método. Ele só agirá bem no organismo se for administrado de maneira correta.

Classificação dos métodos contraceptivos

1Dentre os vários métodos existentes, podemos classificá-los como reversíveis e irreversíveis. No caso do primeiros, eles são chamados de temporários pois quando deixados de lado podem levar ao surgimento da gravidez. Já os métodos irreversíveis, também chamados de definitivos, acabam sendo assim chamados pois requerem intervenções cirúrgicas.

É o caso da vasectomia para os homens e laqueadura tubária que acaba sendo adotada pelas mulheres. Existem cinco diferentes tipos de métodos contraceptivos na classificação básica. Confira abaixo.

Métodos comportamentais

Tabelinha
Temperatura basal;
Muco cervical (método Billings);
Coito interrompido.
Métodos de barreira
Camisinha;
Diafragma;
Esponjas;
Espermicidas;
Dispositivo intrauterino (DIU)
Contracepção hormonal
Contraceptivos orais;
Contraceptivos injetáveis;
Implantes;
Anel vaginal;
Adesivos cutâneos;
Contracepção de emergência (pílula do dia seguinte);
Contracepção cirúrgica.

Os casais precisam ter em mente que os métodos contraceptivos são importantes não apenas para a contenção de uma gravidez indesejada. Utilizá-los vai auxiliar na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e manter o casal limpo para futuros problemas de saúde.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados