Colégio Web

Transplante de Órgãos

Publicidade

Transplante de Órgãos ou transplantação é o ato de colher partes vitais do corpo de uma pessoa e depois implantar em outra que esteja correndo risco de morte.
Em 2012 de Janeiro a Abril foram registrados 7.993 transplantes, um crescimento de 37% em comparação ao ano de 2011. Já o transplante de coração teve aumento de 61%. O de pulmão (44%), rim (35%) e fígado (32%).

História do Transplante

No século VI a.C. os médicos hindus faziam enxertos de tecidos. Quando alguém tinha alguma lesão no rosto, elas eram reparadas com retalhos de pele. O primeiro transplante de coração aconteceu em 1905, quando dois franceses Alexis Carrel e Charles Claude que fizeram o transplante de coração de um cachorro. Já Vladimir Demikhov entre 1930 e 1950 fez alguns transplantes de coração e uma substituição de pulmão e coração em um animal.

Já a primeira experiência de transplante em humano foi feita por James Saniel Hardy que em 1964 enxertou um coração de um chimpanzé num homem de 68 anos, que sobreviveu poucos minutos. Em dezembro de 1967, o sul-africano Christiaan Barnard conseguiu o primeiro êxito nesse tipo de operação, ao transplantar um coração de um humano para um paciente de 54 anos, em fase final de arteriosclerose coronária; o doente sobreviveu 18 dias, e morreu de pneumonia. A partir de então, inúmeros transplantes passaram a ser feitos, conseguindo-se sempre aumento de sobrevida.

Facebook e Doação de Órgãos

A rede social mais conhecida mundialmente também está fazendo sua parte (através das pessoas) para incentivá-las à doanção de orgãos. o Ministério da Saúde juntamente com o vice-presidente do Facebook Alexandre Hohagen criaram uma ferramenta na rede social para incentivar as pessoas a doarem órgãos, ou seja, qualquer usuário que quiser pode inserir em seus dados se é ou não doador pode fazê-lo com isso influenciar outras pessoas. Segundo dados, mais de 80 mil brasileiros atualizaram sua página como doares de órgãos.

Conheça a página oficial seja um doador de Órgãos.

Quero ser um doador

Existem alguns requisitos para se tornar um doador de órgãos, o primeiro deles, é que se você tem realmente esse desejo deve deixar avisado a sua familia sobre sua vontade, não é preciso fazer nada por escrito.

Os órgãos que podem ser doados são:

  • Córneas – retiradas do doador até seis horas depois da parada cardíaca e mantidas fora do corpo por até sete dias;
  • Coração – retirado do doador antes da parada cardíaca e mantido fora do corpo por no máximo seis horas;
  • Pulmão – retirados do doador antes da parada cardíaca e mantidos fora do corpo por no máximo seis horas;
  • Rins – retirados do doador até 30 minutos após a parada cardíaca e mantidos fora do corpo até 48 horas);
  • Fígado – retirado do doador antes da parada cardíaca e mantido fora do corpo por no máximo 24 horas;
  • Pâncreas – retirado do doador antes da parada cardíaca e mantido fora do corpo por no máximo 24 horas;
  • Ossos – retirados do doador até seis horas depois da parada cardíaca e mantidos fora do corpo por até cinco anos;
  • Medula óssea – se compatível, feita por meio de aspiração óssea ou coleta de sangue;
  • Pele;
  • Valvas Cardíacas.

Doar é um ato de amor. Incentive as outras pessoas e faça sua parte.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados