Colégio Web

Qual a melhor dieta: vegetariana ou carnívora?

Publicidade

Você sabia que a maioria dos brasileiros consome por dia o dobro da quantidade de carnes indicada pelo Ministério da Saúde? Enquanto isso, os vegetarianos ganham mais adeptos a cada dia no mundo. Será que eles estão certos?

Como fazer uma escolha equilibrada na hora da dieta? Qual a melhor dieta para cada tipo de pessoa? Quais são os prós e os contras para cada tipo de dieta? Vamos saber mais para que você possa fazer a sua escolha!

Dieta de origem vegetal

Há quem diga que os vegetarianos não consomem alimentos a base de carnes por vários princípios: há quem exclua a carne do cardápio por motivos ideológicos (evitar o sofrimento de animais) e outros acreditam que a ausência de carne pode ser uma alimentação mais saudável.

Vegetariana

Segundo os especialistas no assunto, uma dieta sem proteína e nem gordura animal garante maior longevidade e menos riscos de doenças crônicas como as cardíacas, a obesidade e o diabetes.  Quando conversamos com uma pessoa vegetariana, podemos perceber que geralmente ela é mais magra que as demais. Isso se deve ao fato de que os níveis sanguíneos de colesterol em seu sangue são menores.

Por outro lado, os especialistas alertam que a ausência de ingestão de alimentos de origem animal pode acarretar doenças como a anemia por falta de vitamina B12, pois essa vitamina não é encontrada em nenhum vegetal. Nesse caso, é preciso que haja a recomposição dessa vitamina por meio de suplementos ou alimentos fortificados. Da mesma forma com a falta de cálcio, ocorrendo um número maior de pessoas com risco de fraturas.

Dieta de origem animal

Dieta Carnes

Os alimentos de origem animal são ricos em nutrientes como as vitaminas B12, proteínas, o ferro e o cálcio que fazem bem ao nosso organismo. As carnes fazem bem a nossa saúde, desde que sejam consumidas moderadamente. Para o equilíbrio do organismo, é preciso evitar as carnes mais gordurosas e os embutidos. Retire das carnes toda a gordura visível e prefira os grelhados, assados e cozidos ao invés das frituras.

As carnes possuem de forma involuntária substâncias que fazem mal ao nosso organismo como derivados químicos, pesticidas, vacinas, antibióticos e hormônios. Outro fator é que a carne vermelha demora mais para se fazer a digestão, por esse motivo é necessário equilibrar a quantidade e a frequência com que é ingerida. Você deve escolher bem os acompanhamentos, equilibrando seu prato com vegetais, grãos e leguminosas.

Diante do que mencionamos cabe a você decidir por uma dieta mais equilibrada e saudável buscando maiores informações com seu médico.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados