Colégio Web

Parar de fumar: necessário, mas difícil!

Publicidade

Deixar de fumar não é uma tarefa fácil. Requer muita disciplina e força de vontade do fumante, além de, em alguns casos, intervenção médica. Sair do vício exige muita paciência e determinação.

O fumante sempre se faz a mesma promessa todos os anos “vou parar de fumar”, mas o tempo passa e nada muda. Parar de fumar não é tão simples assim, pois a nicotina contida no fumo é uma substância altamente viciante, e por esse motivo é tão difícil se livrar desse hábito que causa tantos danos à saúde.

O ato de fumar

O ato de fumar é uma questão tanto física quanto psicológica. Quanto à dependência física, o cigarro é uma droga que é regulamentada, seu preço é acessível, seu acesso é livre e muitas vezes vendido para menores de idade (o que torna essa pratica ilegal). O usuário se torna dependente e cria um hábito cada vez maior de fumar, aumentando a quantidade utilizada.

Parar de Fumar

O cigarro possui substâncias nocivas e tóxicas à saúde, que atingem o cérebro de forma rápida, causando dependência. Já a dependência psicológica está associada a comportamentos e as situações emocionais de cada indivíduo.

Parar de fumar é sempre um grande desafio

Para de fumar não é simples. Para largar o cigarro, deve-se repensar em sua rotina e seus sentimentos. É normal para quem tenta largar o cigarro sentir alguns sintomas como ansiedade, dificuldades de concentração, dores de cabeça e aquela vontade louca de fumar. Os primeiros dias são os mais difíceis e com o passar do tempo esses sintomas vão desaparecendo. É muito importante não desanimar e manter-se firme.

Largar o cigarro

Quando é necessária ajuda médica?

Para muitas pessoas, a vontade de parar de fumar não é o suficiente; é preciso intervenção médica, para que seja iniciado o tratamento. Muitas pessoas param e voltam logo em seguida ou após algum problema emocional. Por esse motivo é muito importante o acompanhamento médico e de um especialista (psicólogo) auxiliando paralelamente .

Atualmente, existem vários tratamentos que auxiliam os usuários no ato de parar de fumar como adesivos de reposição de nicotina, a utilização de antidepressivos e outros recursos utilizados pelos médicos.

O sucesso para largar a dependência depende exclusivamente do paciente que deve aprender a reduzir a ansiedade, além de “limpar” o organismo das substâncias tóxicas, a fim de que não se tenha vontade de acender um cigarro.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados