Colégio Web

O que é cálculo renal?

Publicidade

Os cálculos renais, mais conhecido como pedras nos rins, são junções de pequenos cristais que podem ser encontradas em qualquer órgão do trato urinário.

Abaixo, os quatro tipos de pedras mais comuns, que se diferenciam pelas substâncias que as constituem e como aparecem.

Cálculos de cálcio

A pedra acaba se formando porque o cálcio se junta com outras substâncias no intestino, como fosfato, carbono ou oxalato. Essa é a mais comum, ocorrendo mais em homens do em mulheres, e normalmente entre 20 e 30 anos.

Cálculos de cistina

Este tipo aparece em pessoas que têm uma doença renal hereditária chamada cistinúria, ela pode vir a surgir em ambos os sexos.

Cálculos de cistina

Cálculos de ácido úrico

Ocorrem em pacientes que perdem muito líquido e que não é recuperado com hidratação, que têm uma dieta rica em vitamina D, que têm gota, fazem quimioterapia, ou por fatores genéticos. Os homens são mais propensos a sofrem desse tipo de pedra do que as mulheres.

Cálculo de estruvita

É mais comum em mulheres com infecção no trato urinário. Esse tipo de cálculo renal pode crescer tanto que chega a bloquear o rim, o ureter ou a bexiga. 

Causas

Os cálculos renais se formam por conta do excesso de certas substâncias na urina, como cálcio, oxalato e ácido úrico, que se acumulam e formam pequenos cristais, que se juntam e dão origem às pedras.

Sintomas

As dores causadas por essa doença ocorrem repentinamente, quando algum cálculo se desloca pelo trato urinário, causando pontadas de dor e desconforto nas costas ou na região abdominal.

Também pode haver febre, calafrios, dor ou queimação ao urinar, sangue na urina, febre, suor excessivo, enjoo e vômito. Além de vontade excessiva de ir ao banheiro.

Tratamento

calculo renal

O especialista responsável por lidar com esse tipo de doença é o nefrologista, que definirá qual o melhor tratamento.

Caso as pedras sejam muito grandes é necessário removê-las com cirurgia, mas quando são pequenas podem ser expelidas junto com a urina. Nesse último caso, os médicos recomendam beber muita água e analgésicos para as dores.

É orientado para pessoas em que os cálculos aparecem com frequência, ou que já têm histórico, que tomem 2 litros de água por dia, e evitem alimentos ricos em ácido úrico, como mariscos ou caldo de carne.

Prevenção

Quem já teve pedras no trato urinário uma vez, está propenso a ter novamente, 70% dos pacientes que sofreram disso têm alguma nova ocorrência em um espaço de 10 anos, caso não façam um tratamento preventivo.

Uma forma muito simples de evitar os cálculos renais é aumentar a quantidade de líquidos que se ingere durante o dia, dando preferencia à água. Recomenda-se beber de 2 a 3 litros/dia.

Essa prevenção deve ser mantida pelo resto da vida..

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados