Colégio Web

Nutrição para uma mente sadia

O cérebro é um órgão extremamente complexo que deve ser muito bem cuidado, para sempre atingir nossas expectativas. Então, confira dicas de nutrição para tal!

Publicidade

O nosso corpo precisa de nutrientes para seu desenvolvimento e crescimento, assim como nosso cérebro, provenientes de alimentos saudáveis, para que possa funcionar de forma correta.

Você já notou que com a correria do dia-a-dia muitas coisas acabam passando despercebidas? Esquece as coisas com frequência? Não é mais como antes? O corpo começa a dar sinais de que alguma coisa está errada? Pois é! Você precisa se cuidar! Uma alimentação equilibrada e saudável pode lhe ajudar nesse processo.

É essencial que nosso organismo funcione de forma correta, e também o nosso cérebro. Assim, como o seu carro, o cérebro precisa de combustível para funcionar.

Alimentação correta pode evitar doenças

Pesquisas realizadas por cientistas americanos, em universidades renomadas, garantem que a alimentação adequada contribui para evitar e ajudar algumas doenças degenerativas progressivas e o declínio das funções cognitivas que ocasionam esquecimentos, dificuldade de raciocínio e alterações de comportamento.

Nutrição para uma mente sadia

O funcionamento do cérebro

O cérebro é o principal órgão do ser humano que possui a estrutura mais complexa. Ele possui trilhões de conexões celulares que trocam informações a todo o momento, é responsável pelo sistema nervoso, controlando a sensibilidade, o estado psíquico e emocional.

Sendo assim, para funcionar bem, além de oxigênio, precisa de nutrientes básicos como complexo B, fósforo, ácidos graxos poli-insaturados, selênio, ferro, zinco, boro, ácido fólico, vitaminas A, C, E, betacaroteno e glicose de boa qualidade com índice glicêmico baixo.

O cérebro precisa de todos esses nutrientes para funcionar adequadamente. A falta ou insuficiência de algum deles pode afetar a memória e o estado emocional. Com o passar do tempo, essa insuficiência pode acarretar várias doenças como mal de Parkinson e de Alzheimer, além de outros distúrbios mentais e a degeneração dos neurônios.

Sendo assim, a melhor forma de receber esses nutrientes é por meio da alimentação. Uma alimentação saudável pode conter todos os nutrientes que o cérebro precisa. Esses nutrientes são obtidos nos alimentos como grãos, leite, frutas, verduras, legumes e oleaginosas. O seu organismo também precisa de carboidratos e proteínas.

Inimigos do cérebro

Como tudo na vida, existem alimentos que ajudam o bom funcionamento do cérebro e outros que prejudicam, como é o caso do açúcar refinado, o café, o chá mate e chá preto, os refrigerantes, o guaraná em pó, condimentos fortes como pimenta e mostarda, chocolate e as gorduras saturadas. São alimentos que aceleram o metabolismo, causando irritabilidade, nervosismo, excitação e o desequilíbrio nas funções cerebrais. O uso em excesso pode causar doenças como depressão, esquizofrenia, déficit de atenção, hiperatividade e mal de Alzheimer.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados