Colégio Web

Leptospirose – Definição, sintomas, prevenção e tratamento

A leptospirose é uma das principais doenças ocasionadas pelo contato com enchentes. Veja o que ela é, seus sintomas, prevenção, tratamento e muito mais!

Publicidade

A leptospirose é uma das principais preocupações quando o assunto são as enchentes ocorridas nos últimos dias em São Paulo e em outros estados. Veja como se prevenir dessa doença perigosa!

O que é a leptospirose?

É uma doença causada pela bactéria do tipo Leptospira que é eliminada pela urina de ratos, ratazanas e camundongos. Essa doença é transmitida ao homem por meio da água das enchentes, pela lama e pelo esgoto contaminado pela urina desses animais. Outros bichos se contaminados também podem transmitir a doença ao homem como é o caso de bovinos, cães, gatos e suínos.

Sintomas da leptospirose

Os sintomas da leptospirose são: febre, dor muscular e dor de cabeça, diarreia, vômitos e tosse. Nos casos mais graves, pode ocorrer hemorragia, insuficiência renal e respiratória. Os especialistas na área da saúde orientam que pessoas que entraram em contato com água da chuva nos últimos 30 dias e apresentam algum desses sintomas, devem procurar uma Unidade Básica de Saúde que realizará o tratamento de forma gratuita. Embora não seja uma doença contagiosa, pode levar o indivíduo à morte se não for tratada.

Prevenção para a leptospirose

A prevenção deve ser de responsabilidade do Governo e da população. Com relação ao Governo, é preciso saneamento básico (água encanada e potável, coleta de lixo, esgoto), moradias em condições dignas e combate aos ratos, dedetizando e limpando bueiros, córregos e rios.

Leptospirose

Para prevenir a doença é necessário, especialmente, que a população se responsabilize pela limpeza de suas casas, dos quintais e de suas ruas, retirando o lixo, colocando-os em sacos plásticos; armazenando o lixo dentro de cestos ou latões tampados, evitando assim o contato de insetos e moscas; cuidando da limpeza da caixa d’água, desinfetando-a; e limpando os esgotos.

Como evitar a presença de roedores

  • Manter os alimentos guardados em recipientes fechados como latas, vidros e potes plásticos;
  • Manter a cozinha sempre limpa sem restos de alimentos;
  • Não deixar as sobras de alimento ou ração de animais domésticos ao anoitecer;
  • Manter os terrenos baldios e as margens de córregos limpos;
  • Evitar deixar entulhos e acúmulo de objetos nos quintais servindo de esconderijo aos roedores e outros animais.

Tratamento para a leptospirose

O tratamento dessa doença é realizado por meio de medicamentos indicados pelo médico que deverá analisar o caso, pois cada pessoa reage de uma forma diferente. Em casos mais graves, o paciente fica internado para tratamento.

Nunca se automedique, pois somente um médico pode diagnosticar de forma correta.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados