Colégio Web

Insetos causadores de doenças

Publicidade

Relembrando sobre a importância dos insetos observamos que alguns insetos são nocivos e causam enormes prejuízos na agricultura e no armazenamento de produtos, além de serem seres causadores de doenças em animais e do homem.  Outros são bem nojentos e asquerosos!

Vamos comentar sobre a mosca, a barata e o mosquito conhecido como Aedes aegypti.

A mosca – que bichinho nojento!

A mosca é um inseto voador que se desenvolve no lixo e nos restos de comidas. Adora lugares sujos!

As moscas e mosquitos são os únicos insetos que possuem um par de asas, são os mais ágeis, são capazes de voar para trás, para os lados e de ponta cabeça.

Existem vários tipos de mosca como a mosca-doméstica, que carrega vários germes, bactérias e vírus em suas patas. Eles se espalham em todos os lugares que ela pousa contaminando e causando doenças como a febre tifoide, a disenteria e a cólera.  A mosca-negra é a transmissora da doença chamada cegueira do rio.  As moscas também contribuem para a transmissão do tracoma – causa a cegueira por danificar a córnea atingindo milhões de pessoas no mundo todo. A mosca Tsé Tsé transmite a doença do sono.

Barata – que bichinho asqueroso!

Barata

Você sabia que a barata é a campeã em velocidade no reino animal? Pois é! Isso explica o motivo pelo qual corremos atrás das danadas. Ela pode correr um metro por segundo! Achou pouco? Pois saiba que para o homem isso equivale a correr 150 quilômetros por hora! E agora continua achando pouco? Ela também é craque nos dribles sem jogar bola. Ela consegue alterar o seu rumo 25 vezes por segundo. Ah! Que audácia da barata!

A barata também gosta de sujeira é e a causadora de doenças como a asma e a alergia.  Elas comem de tudo mesmo. Todo o tipo de sujeira, fezes, papel, outras baratas e até seres humanos ou mortos. Elas podem sobreviver sem a cabeça, mas não são resistentes a um ataque nuclear por exemplo.

O mosquito Aedes Aegypti – muito perigoso!

É um mosquito proveniente da África que ficou conhecido como mosquito da dengue ou pernilongo-rajado.  O mosquito está muito bem adaptado às áreas urbanas e é possível encontrá-lo no mundo todo.

Ele transmite doenças graves como a dengue e a febre amarela.  Essas doenças podem levar o ser humano à morte se não for tratada rapidamente.

É um assunto que deve ser tratado pela saúde pública! Diversas campanhas são realizadas com o intuito de amenizar a situação e conscientizar as pessoas da gravidade da doença a fim de colaborarem para a não proliferação.

Para combater o mosquito é necessário não deixar água parada em vasos de plantas, pneus, garrafas e latas, e deve-se tampar muito bem a caixa d’água evitando que o mosquito se reproduza.

Por todos esses motivos, devemos seguir alguns hábitos de higiene tais como: manter a nossa casa limpa, o lixo armazenado e bem tampado, a alimentação guardada em local como armários e geladeira, trocar de sapatos ao entrar em casa ou limpar os pés.

Se sentir alguns sintomas como: manchas na pele, dores de cabeça, febre, falta de apetite e dores no corpo, procure um médico. Somente um especialista pode diagnosticar a doença.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados